Abel

Bolt ou Kipchoge (por Paulo Tibúrcio)

As torcidas em geral costumam ficar ansiosas no início do ano, querendo ganhar até no cara ou coroa para escolha de campo. No primeiro revés, parte dela começa a questionar o trabalho e o desempenho da equipe, deixa de apoiar o time e passa a reclamar constantemente dos jogadores e comissão técnica

Salve-nos, Abel! (por Paulo Rocha)

Mais que repensar, é preciso agir. Gostei da contratação do Abel, o considero o cara ideal para lembrar aos jogadores a grandiosidade da instituição que representam. Ele precisa, porém, de material humano para poder realizar o seu trabalho com eficiência