O verdadeiro culpado (por Paulo Rocha)

paulo-rocha-novo-casal-20-red

Amigos tricolores, primeiramente, bom 2017 a todos. Eu pretendia escrever somente quando a bola voltasse a rolar; o panorama deste início de temporada, longe de ser promissor para o Fluminense, não vinha me animando. Contudo, a indignação me fez voltar antes do previsto a este espaço já que a vontade de dividir minha indignação falou mais alto.

Estamos impedidos de fazer contratações de vulto devido ao inchaço de nossa folha salarial. Temos uma verdadeira coleção de porcarias que recebem vencimentos muito além do que poderiam merecer. E sabe, torcida tricolor, quem é o principal culpado disso? É o tal de Jorge Macedo, o pior executivo de futebol que já vi atuar no Fluminense em meus quase 53 anos de vida.

Pois é, o tal gerente, executivo, sei lá que porra de nome poderia ter o cargo, deixou uma herança para lá de maldita. Nem vou citar o nome dos jogadores, eles não têm culpa, possuem família para sustentar etc. Após cagadas em profusão, o referido dirigente foi tardiamente defenestrado, porém, as merdas já estavam feitas. Um festival de merdas.

Alguns poderão vir com o discurso de que foi ele que trouxe Orejuela e Sornoza. Ora, terei o maior prazer de dar a mão à palmatória após vê-los jogar, caso correspondam positivamente. Meu receio é que ambos, descobertos pelo tal gerente, nos tragam mais vontade de deixar nossas camisas tricolores esquecidas em uma gaveta qualquer.

Lamento começar o ano desta forma. Pode ser que as coisas caminhem bem, afinal, já vi panoramas tão sinistros como o atual acarem em títulos – o Fluminense é enorme. Está nas mãos de Abel transformar o joio em trigo e nos fazer sorrir novamente.

Para finalizar: pensei que Alexandre Torres chegaria para nos ajudar a montar um elenco, não para tentar corrigir as merdas feitas antes de sua chegada. Boa sorte para ele. E para nós.

xxxxxxxxxx

A ida de Conca para nosso maior rival foi mais uma prova de como nosso clube carece de imaginação. Rifamos ídolo atrás de ídolo. E a diretoria vem a público dizer que foi uma coisa normal, de mercado. Vão para a puta que os pariu. Futebol mexe com o coração das pessoas, não é meramente um negócio.  Que o mercenário argentino tenha tanto sucesso lá quanto teve o ex-técnico Muricy Ramalho.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paroc

fb_img_1483739539013

 

13 Comments

  1. Acho que voce tem toda razão. Tambem penso assim e estou tão revoltado como voce. Só que acho que este diretor de merda não é culpado sozinho.O presidente que saiu não estava vendo que não daria certo jogadores duvidosos, com alto salarios e contratos longos. O presidente que entrou, que na época presidia
    o Conselho fiscal, não aprovou os contratos.Acho até que ou são muito burros, ou estavam macumunados
    com algum representantes de jogadores.
    Gostei da sua volta!
    Saudações Tricolores!

  2. Olá Paulo,

    sem querer defender o Macedo, mas se teve um dirigente que atrapalhou nosso planejamento em 2017 é o Mário Bittencourt. Foi este canalha quem inchou nossa folha salarial e engessou a reformulação do elenco. O que ele pensava quando renovou com Gum por 4 anos praticamente triplicando seu salário? Algum time do mundo cobriria os vencimentos desse grande zagueiro? E Osvaldo? Henrique? O que dizer de um contrato por 4 anos com o possante Felipe Amorim? E a compra do Giovanni?

  3. E o salário do sonolento Cícero? Que espécie de gestor fala em plano de carreira pra jogadores com mais de 30 anos em fim de carreira? E a saída do Vinicius, unico dos grandes reforços com selo Mario de 2015 que vingou? E a renovação por 2 anos com Pierre? Talvez haja mais coisas que não me lembro, mas o show de horrores do pequeno príncipe ta aí, atrapalhando nosso planejamento, e a longo prazo.

  4. Macedo horrível tambem, mas acertou na vinda de wellinton e dos equatorianos, que custaram praticamente um Henrique, fora que os salários deles somados não chega na metade do nosso zagueiro overrated.

    Os erros de Macedo, com exceção do pessimo ceifador, se resumem a emprestimos de Danilinho, Aquino e Willam matheus, situações faceis de resolver. Dudu já saiu.

    A herança podre é do Mariola.
    Com todo o respeito, mas seu post parece mais uma demonstração de quem não aceitou a derrota nas…

  5. Com todo o respeito, mas seu post parece mais uma demonstração de quem não aceitou a derrota nas eleições.

    E a parte do Conca? Quer dizer então que não podemos deixar qualquer jogador que já ganhou algo aqui ou tenha o carinho da torcida ir pra qualquer outro clube do Brasil? Tinhamos que fazer de tudo para trazer um cara bichado que na melhor das possibilidades jogará a partir de maio numa posição que não temos carência? Depois querem cobrar planejamento, gestão profissional……

    Abraço

  6. Perfeitos os comentarios do Renato Abreu.

    Acho engraçado falar em inchaço de folha salarial e só citar o jorge macedo, que tem seus erros e deve ser cobrado por tais. Fico no mínimo curioso sobre as intenções de quem escreve.

    Além de tudo que o amigo acima citou que o Mario fez, o que é de conhecimento geral, ainda citaria a contratação do bebado R10 e a contratação do Wellington Paulista, com um contrato de 2 anos e meio.

  7. Não vejo como uma pessoa imparcial nesse assunto pode levantar o que o Mario e o Macedo fizeram e citar apenas o Macedo como causa das limitações atuais do Fluminense.

  8. Sobre o Conca, como torcedor, qualquer tricolor fica triste em ve-lo vestir o pano de chao, mas o pensamento de quem forma opinao deve ir alem do coracao.

    Temos um jogador que vem da segunda cirurgia no mesmo joelho, essa última bem séria, sem qualquer certeza sobre a sua condicao no retorno, com 34 anos e vindo de um futebol de baixissima cobranca.

    Sem contar que jogaria apenas 7 meses (maio a novembro, porque dezembro tem uma rodada apenas normalmente).

  9. Contudo, no planejamento do clube, pelo menos 200 mil mensais ficariam separados, levando em consideracao o salario e o modo de pagamento divulgados em jornais e dividindo o valor do salario pelos 12 meses.

    De maneira passional, sempre sera um bom negocio. Racionalmente, nao. E é esse pensamento que deve ser cobrado da diretoria do Fluminense, que aja de maneira racional. Paixão fica pro torcedor. Quando assumem posicao de direcao, a razao deve imperar.

    1. Tem mais: já ventilaram na imprensa que há luvas no contrato do Conca, dentre outros. O contrato não é tão vantajoso como vinha sendo divulgado. Vai ser bom para os chineses. Quando ele conseguir jogar bem, já será hora de voltar à China. Até lá, se o time dele não estiver bem, a torcida fará pressão para que entre logo, mesmo sem condições ideais, e o treinador terá que achar um lugar para que jogue.

  10. Para quem cobra profissionalismo e organizacao, nao ha como criticar a nao contratacao do conca.

  11. Caro Paulo.
    O panorama não é tao ruim quanto vc tentou nos fazer acreditar. O time já está bem melhor q o de 2016 (oq NÃO significa q está perto do ideal).
    Quanto ao Conca, como o tricolor acima mencionou, é impossível (e incoerente) cobrar profissionalismo e planejamento da diretoria e simultaneamente defender uma contratação dessa.
    Os culpados sao muitos e espero q nunca mais cheguem perto do fluminense.
    Deixando a politica de lado, que tenhamos um grande 2017 disputando títulos. ST

Comments are closed.