Marcos Gigante Júnior (por Rubem Gonzalez)

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVRO – COPACABANA CITY BLUES

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVRO – PEQUENOS RELATOS DA OPRESSÃO

Marcos Júnior Lima dos Santos, esse é o nome completo de um gigante de 1.66 de altura, 25 anos de idade, uma cara de eterno moleque e que me fez repensar um pouco os meus conceitos sobre o futebol atual e o seu mercantilismo sem limites, a prova viva que ainda existem amor e paixão no esporte que ainda é o mais emocionante do planeta.

Marcos Júnior, como é conhecido, é a chama viva de que por trás de tantos brincos, tatuagens, simbioses entre atletas e pagodeiros de gosto pra lá de duvidoso, o pulso ainda pulsa, que por trás de um esporte que é o expoente máximo de emoção popular ainda existe a vibração juvenil, a dedicação e a paixão que o tempo leva e a crueza do mundo apaga.

Esse rapaz já recusou propostas vantajosas financeiramente para trocar o Tricolor por um desses clubes meio obscuros da Europa, mas o suficiente para lhe dar uma estabilidade financeira de garoto pobre que chorou quando seu pai não pode assistir a sua primeira final ainda como amador; afinal, não havia grana para uma passagem Brasília x Rio naqueles tempos ainda bicudos.

Muitos idiotas da objetividade desses tempos onde só dinheiro conta, onde as pessoas morrem e matam por uns tostões a mais, onde milionários pisam em pescoços e desonram a honra que nunca possuiram por algum retorno pecuniário, acham que ele não passou de um idiota: deveria agarrar essa chance e o resto que se lasque, afinal tudo não passa de negócio.

Mas o cara é um amador em campo; eu, se fosse você, não o chamaria de otário por esse amor e essa dedicação não. Na realidade, você – e eu – deveríamos ter inveja da felicidade que esse amor lhe proporciona, ganha bem, faz o que gosta e aonde gosta. Isso é em termos de existência o nirvana, a plenitude, a felicidade.

Marcos Júnior com certeza é um cara feliz como poucos e, de quebra, ainda faz a nossa felicidade e mostra que, parafraseando o Cidade Negra, amor que não se mede é amor que não se pede. Para finalizar, uma foto linda e emocionante que retrata e imortaliza um amor e uma gratidão.

Gracias Gigante Marcos!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: rugon

1 Comments

Comentário