Vexame, vergonha, ridículo… (por Marcelo Vivone)

Fabricio-Fluminense-America-RN-Cleber-MendesLANCEPress_LANIMA20140814_0017_24

É só escolher a palavra que melhor define para você o que aconteceu no Maracanã na última quarta-feira.

É inadmissível que os jogadores façam os milhões de torcedores Tricolores passarem por uma situação como vivida no último jogo.

Prepotência, soberba, arrogância, empáfia…

A eliminação foi resultado de uma mistura desses componentes com falhas individuais.
Citando somente os gols, Fabrício falhou no 1º e no 5º. Cavalieri no 3º e de forma bizarra. Já 2º e 4º gols foram resultados de falhas generalizadas.

Um sinal claro do pouco caso dos jogadores foi a tentativa do Carlinhos de dar um lençol no adversário aos 45 minutos do 2º tempo, em nossa intermediária, quando o placar estava 4 a 2 contra. Essa foi simplesmente a origem do 5º gol adversário. Só pode ser de sacanagem. Não?

Faltou vergonha na cara!

************************************

Pelo menos o discurso de Peter ao final do jogo foi condizente com a gravidade da situação. Espero que nosso presidente esqueça um pouco a sua sempre presente fidalguia e dê um grande esporro em todos os envolvidos nessa grande sacanagem que fizeram com a nossa centenária camisa. Uma putaria dessas não pode ficar impune. É reunir todo mundo no vestiário antes do treinamento e arrancar o couro!

************************************

Se hoje era dia de descanso, deveria ter sido cancelado. O treinamento hoje deveria ter sido marcado para a parte da manhã e em 2 turnos.

************************************

Peço, suplico à diretoria que não conte com o jogador Fabrício para formar a zaga pelo resto da temporada. Pelo menos não com esse Fabrício que até agora se apresentou no Fluminense. Não sei se ainda está fora de forma e, se é o caso, quanto tempo mais ele precisa para estar 100%. Mais uns 3 anos?
O fato é que ele não esteve bem em nenhuma das outras 2 vezes em que teve que jogar e foi catastrófico no último jogo. Foi Um dos responsáveis diretos pela vexaminosa eliminação.

************************************

Será que iremos voltar a conviver com a total insegurança em relação à zaga? Depois de anos de terror, parecia que teríamos um ano sem muitos sustos lá atrás.

Com o que temos hoje, a zaga titular tem que ser Henrique, que depois de um 1º jogo ruim conseguiu se firmar e consertar os erros do setor, e o jovem Marlon. Sem nem considerar o Fabrício, não dá também para Elivelton assumir a titularidade.

Se o ridículo de quarta-feira serviu para alguma coisa, foi para mostrar que a diretoria precisa se movimentar e buscar no mercado nacional um zagueiro que chegue para recompor o setor.

************************************

Sou a favor de poupar jogadores. Por mim, e escrevi isso na semana passada, teríamos entrado com o time todo reserva em campo. Isso porque cansa ouvir repetidamente que o desgaste atrapalhou, que isso, que aquilo. No jogo contra o Coritiba, quando também fomos mal, essa foi a desculpa.
Tenho certeza que os jogadores reservas teriam pelo menos vontade e disposição, coisas que não existiram na quarta-feira.

************************************

Além de mostrar que precisamos de reforço urgente para a zaga, espero que a catástrofe tenha servido para exterminar de vez os repetidos sinais de autossuficiência desse elenco. Perdemos pontos preciosos no Campeonato Brasileiro em casa para Vitória e Coritiba e fora para Criciúma. Já são 8 pontos para times que estão na parte de baixo da tabela e que vão lutar o campeonato inteiro para não cair.

Espero que de uma vez por todas os milionários jogadores das Laranjeiras entendam que é preciso honrar cada centavo de suas gordas contas bancárias, seja contra o Cruzeiro, Corinthians e Inter ou contra o Figueirense e Chapecoense.

************************************

Só uma vitória convincente contra o combalido Botafogo no domingo poderá servir para diminuir os sentimentos de raiva e repulsa que imagino que a grande maioria da torcida, na qual me incluo, deve estar sentindo nesse momento.

Qualquer resultado que não seja a vitória deve ser fortemente cobrado já na segunda-feira pela torcida.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MVivone

Foto: lancenet.com.br

O ESPÍRITO DA COPA BANNER NOVO

9 Comments

  1. Vivone, excelente coluna. Concordo com tudo. Vc sabe q se eu estivesse no seu lugar eu teria acrescentado vários palavrões ao texto. Mas ficou de ótimo tamanho.

    Sobro o Fabrício eu nem vou comentar – isso era tragédia anunciada há tempos. Mas a tentativa de lençol do Carlinhos-bisonho no quinto gol deveria render a ele uma condição de banco por umas cinco rodadas. Pena q não temos quem colocar no lugar dele.

    Abs,
    André.

    1. Vivone comenta:

      Amigo,

      Eu excluí alguns palavrões que tinha acrescentado ao texto. rsrsrs

      Aquela atitude do Carlinhos acho que conseguiu superar toda a displicência de todo o time durante o 2o tempo.

      Grande abraço.

  2. Mas , pensando bem, esta eliminação, apesar de vergonhosa da maneira que foi, pro FLU nada poderia ser melhor pois, esta SULA é 1 milhão de x mas interessante e muito mais competição .
    Dá direito a Libertadores, como na CB, dá direito a Recopa e a Copa Suruga é muita grana que vem por aí e enfrentar River, Boca etc é tudo de bom .
    Somos o único do RIO na SULA .
    RIO, SP, BH, PA tudo roendo unhas de ver o FLU na SULA kkk
    Ironia – se o FLU não é eliminado entraria a LUSA rss

  3. o Flu é predestinado, veja só :
    99% pra cair, faltando 10 rodadas, escapou .
    100% em 2013 e aconteceram fatos inacreditáveis.
    e agora é eliminado, com vexame, foi pra uma competição que dá muito mais prestígio e atrai muito grana .

    1. Vivone comenta:

      Maurício,

      Prefiro a Sul-americana também, mas nada apaga ou serve de desculpa para a sacanagem que os jogadores fizeram com a torcida na última quarta-feira.

      Um abraço.

  4. Marcelo, duvido que esses jogadores tomem alguma lição com o resultado. Sempre a mesma coisa, antes do jogo “temos que respeitar o adversário”, “não tem nada ganho ainda”, “vamos jogar sério” e etc, em campo fazem tudo ao contrário. Esse comportamento é antigo, já aconteceu outras vezes e vai voltar a acontecer, o bando de mercenários nunca vai aprender! Se o objetivo era sul-americana, podiam usar o time B e perder por pouco os dois jogos sem passar vergonha!

    1. Vivone comenta:

      Vicente, infelizmente acho poco provável que aprendam também.

      Um abraço.

    1. Vivone:

      Marcos, nojento e lamentável. A cara da imprensa esportiva desse país.

      Um abraço.

Comments are closed.