Vai pedir pra sair, “zero meia”? (por Marcus Vinicius Caldeira)

nelson perez ffc
1

Não adianta: não desisto!

Posso morrer mas morro com luta, entrega e vou até o último suspiro. Sou assim na vida, sou assim em relação ao Fluminense! Enquanto há vida, há esperança.

É verdade que a partida de de domingo jogou uma ducha de água fria em todo mundo. Comigo não foi diferente. Depois de uma vitória com muita raça, garra e vibração contra o São Paulo, a forma como fomos derrotados contra o Santos foi desanimadora. O resultado ruim era até uma coisa natural. Mas a postura covarde, acomodada, se contentando com o empate, foi ridícula. Abominável!

Sinceramente, não deu para entender o que houve. Não é possível que tenha sido ordem de Dorival, até porque via nele seu esforço para fazer o time jogar. Reconheço que ele escalou mal e mexeu mal, mas custa-me a crer que tenha pedido o time para jogar daquela forma.

Também custa-me a crer que seja por causa de um suposto posicionamento da diretoria de premiar a comissão técnica, o que supostamente teria gerado insatisfação no elenco, ainda sem receber a premiação do título de 2012. São muito bem pagos para jogar e ninguém quer ter a mancha de um rebaixamento no currículo.

Espero que a postura contra o Atlético Mineiro seja a mesma que aconteceu contra o São Paulo. Caso contrário, vamos pro saco. Mais uma vez, a torcida terá que fazer o diferencial. Este Flu de 2013 é movido no tranco. Ainda assim, custa a pegar.

Que os 30.000 de sempre não entreguem os pontos.

Vamos pro apoio final!

Terá que ser na marra!

2.

Não é possível que Dorival repita a escalação do jogo contra o Santos.

Rhayner tem que ir pro banco e Biro-Biro pro lugar dele. Eu colocaria Marcelinho no lugar do Samuel. Entraria com Valência, Jean e Wagner no meio, Edinho na zaga.

Rainha na direita. É pro tudo ou nada!

3.

A “imprensa moralizadora” continua seu ataque ao clube. Esta semana tentou colocar na cabeça do gado que o Flu estava engendrando uma “virada de mesa” junto com outros clubes.

Na verdade, o Coritiba aventou a possibilidade de punir Criciúma e Portuguesa e procurou Vasco e Fluminense.

O competente Mário Bittencourt fez o seu papel. Analisou o caso.

A imprensa tem que entender que se há clubes com questões irregulares tem de ser punidos até pela lisura do campeonato.

De qualquer maneira, nosso advogado não vê irregularidades.

Epílogo.

Este maldito ano está acabando.

Que termine semana que vem e não em 2014.

Vejo você no Maracanã, sábado!


Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvinicaldeira

Imagem: Nelson Perez/ FFC

Prezado (a) leitor (a), é sempre uma honra a tua presença aqui, bem como os comentários que podem ser tanto elogiosos quanto críticos ou divergentes – tudo altamente salutar. Contudo, atendendo aos procedimentos estabelecidos no PANORAMA em prol da excelência literária que marca este sítio, não serão publicados comentários ofensivos ou lesivos à imagem de terceiros sob qualquer espécie. O mesmo vale para comentários em caixa-alta. Os cronistas respondem juridicamente por suas publicações. Divergência nada tem a ver com estupidez e grosseria. Muito obrigado. 

DR PEQUENO

1995 PEQUENO

5 Comments

  1. Andel: agora é hora de torcedores e não expectadores. Agora é hora dos fortes e não dos medianos.

  2. Rhayner está suspenso pra esse jogo, e as barrações de Edinho e Samuel são excelentes.

  3. Estarei no sábado dando o meu apoio ao time, apesar do jogo ridículo de domingo passado. Começo a ver uma luz no fim do túnel com as barrações promovidas pelo Dorival. Venceremos.

Comments are closed.