Treinar para quê (a saga continua)? (por Marcelo Vivone)

Não, não é uma reprodução do texto da semana passada, mas é, sim, uma repetição do seu conteúdo. De antemão peço desculpas ao bravo leitor que teima em ler meus textos.

Atuação novamente horrorosa e seguida de semana de treinamento igualmente relaxada para nossos bravos guerreiros. Isso sim é repetição da semana passada!

É dessa maneira árdua, cobrando os jogadores no limite, que a diretoria de futebol espera corrigir os muitos erros que nossa equipe em formação comete.

Tal e qual semana passada, após atuação pífia contra o Vasco, os jogadores foram submetidos a treinamento em período integral em apenas um dia. Nos outros, dias, labuta em apenas um turno, sendo que na terça e na quinta o horário de apresentação foi às 16:30h.

O horário da tarde especialmente chama atenção, já que permite aos nossos jogadores desfrutarem da bela noite carioca.

Vale lembrar também que nesse ano os jogadores foram beneficiados com o fim da concentração antes dos jogos.

Enquanto isso, atuações ruins seguidas de outras péssimas.

As Laranjeiras são ou não um reino encantado? Não à toa, os jogadores juram amor eterno ao clube e têm feito questão de renovar seus gordos contratos por mais quatro anos. Ah, e sem esquecer os aumentos salariais previstos para essas renovações.

Bernardinho, um cara que ganhou tudo e mais um pouco que lhe era possível porque acredita que somente a repetição exaustiva do treinamento e das situações que podem ocorrer nos jogos é capaz de levar aos títulos, deve morrer de inveja do que acontecer nas Laranjeiras.

Domingo

Diante das atuações e do que não treina essa equipe, fica difícil ter otimismo para o próximo jogo. Não que a vitória não seja possível. Qualquer resultado é admissível e normal em um campeonato tal nivelado (por baixo) como esse carioquinha.

O Botafogo, líder absoluto do certamente até aqui, está muito longe de ser um bom time. Mas, se pensarmos assim, o Vasco está mais distante ainda dessa possibilidade e fomos simplesmente massacrados pelo clube da Cruz de Malta.

A volta de Marlon dá muita esperança de vermos pela primeira vez no ano uma zaga mais segura e errando menos. Imagino que o outro titular continue sendo Henrique. Espero que Gum volte o mais rápido possível para que a zaga titular (Gum e Marlon), finalmente, possa atuar estrear.

Espero que o meio de campo seja formado por Edson, Jean, Gerson e Wagner. Esse é para mim, no momento, o meio de campo titular. Na frente, acho que não haverá surpresas e teremos Kenedy e Fred.

Eu vou ao Maracanã. É tão raro nossa querida FERJ deixar o Fluminense jogar nesse estádio que não se pode perder qualquer oportunidade, mas, sinceramente, não estou otimista.

Panorama Tricolor

@Panoramatri @Mvivone

Imagem: http://esporte.uol.com.br/

#SejasóciodoFlu

capas o espirito da copa + cartas do tetra 02 2015

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres