Na terra do Flu estão jogando futebol (por Paulo Rocha)

Com tantos fatos acontecendo no Brasil e no mundo fica até difícil dar atenção especial ao futebol. Contudo, como o Fluminense tem sido um dos poucos motivos de satisfação para mim, vou esquecer um pouco o que realmente importa e permitir me inebriar com o time brilhantemente comandado por Abel Braga.

A semana teve um fato marcante no aspecto futebolístico: a volta do Fluminense ao Maracanã. A torcida estava com saudade, compareceu em bom número e saiu feliz com a vitória por 2 a 0 sobre o Liverpool, do Uruguai. Um triunfo que coroou nosso retorno às competições sul-americanas, das quais estávamos ausentes desde a Libertadores de 2013.

No início do jogo o nervosismo pesou um pouco. Tomamos um susto logo no início e tivemos dificuldade para impor nosso ritmo. Mas, com o passar dos minutos, tomamos as rédeas da partida e vencemos com tranquilidade. Poderia ter sido de mais, concordo. Ainda não estamos classificados. E, em Montevidéu, os caras vão usar todas as artimanhas a que estão acostumados, inclusive meter a porrada. Nossa sorte é que o time deles é horroroso.

Quem parece ter conquistado mesmo uma posição no meio-campo é Wendel. Os leitores deste espaço sabem que sou fã do futebol dele. É muito mais dinâmico do que Douglas. Porém, mal começou a se destacar, já estão de olho grande no menino. E a diretoria, acertadamente, agendou uma reunião para tratar de sua renovação de contrato.

Neste domingo, teremos a semifinal da Taça Rio, contra o Botafogo.

Provavelmente iremos de time misto, nosso rival também. Estamos invictos em clássicos cariocas na atual temporada. Que continuemos assim, fazendo com que tenhamos pelo menos o futebol para lembrar-nos que o bom humor é a chave de tudo.

“Aqui na terra estão jogando futebol/Tem muito samba, muito choro e rock´n roll/Nuns dias chove, noutros dias bate sol/Mas o que eu quero é te dizer que a coisa aqui tá preta” (Chico Buarque, célebre tricolor de coração).

xxxxxxxxxx

Peço a permissão de vocês para reeditar o que escrevi esta semana no Facebook: é melhor um cara que não posta nada, que não curte nada e que não compartilha nada do que um que só fala merda.

Saudações Tricolores.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: rop

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres