Ted Boy Marino (por Paulo-Roberto Andel)

O italiano Mario Marino fez a vida no Brasil.

E teve milhões de fãs.

Ted Boy Marino.

Um tricolorzaço com as cores que lembravam sua Itália.

O pioneiro do telecatch no Brasil.

Quem se lembra de Fanthomas e outros mais?

A luta-livre com golpes acrobáticos, fanfarra e festa. Mais ou menos o que fazem os Harlem Globetrotters, só que no basquete. A briga a serviço da diversão e do bom-humor.

Depois das lutas, Ted virou figura cativa nos Trapalhões como galã.

E fez nós, nossos pais e avós rirem muito.

Hoje, num dia frio, estranho para o Leme onde sempre viveu feliz, Ted Boy disse adeus.

Ted foi o Fluminense dos ringues.

Rei das lutas, humilde, sorridente e discreto.

Partiu em silêncio, deixou uma linda história aos 72 anos.

Fiquei triste. Era inevitável.

Paulo-Roberto Andel

Panorama Tricolor/ FluNews

Contato: Vitor Franklin

 

 

2 Comments

  1. Lamentavelmente a nossa torcida aqui na terra diminuiu, mas, lá em cima, ela ganhou mais um grande tricolor que vai se juntar a outros. Grande lutador e ídolo do telecatch nacional, Ted Boy marcou o seu tempo. Que descanse em paz!!!! Sds Tricolores…

  2. Estamos menos felizes hoje. Ted Boy Marino foi um ídolo do telecatch, atuou com os Trapalhões e se revelou um tricolor de primeira grandeza. Assim como o Ted Boy Marino combatia os Verdugos e outros vilões nos ringues, o Flu hoje luta contra mineiros, gaúchos, paulistas e até cariocas para se manter de pé no ringue do campeonato brasileiro. Com certeza Ted Boy Marino vai nos ajudar domingo a dar uma tesoura voadora no vilão urubu e frustrar os que torcem contra. Vai pro céu, Ted Boy, que lá é o seu lugar. E não se esqueça pedir ao Nélson Rodrigues que nos inspire para que a crônica da segunda-feira seja apenas para enaltecer a vitória tricolor no Fla-Flu.

Comments are closed.