Sornoza, volte logo! (por Paulo Rocha)

 

Totalmente recuperado da cirurgia realizada após a fratura do tornozelo, Sornoza já está treinando sem limitações com o grupo do Fluminense a cerca de duas semanas. O Papá não atua desde a segunda rodada do Brasileirão, contra o Atlético-MG. E a torcida tricolor espera que seja contra o mesmo Galo, na próxima segunda-feira, no Maracanã, que o equatoriano volte a desfilar sua categoria e objetividade dentro das quatro linhas.

Nem que seja por alguns minutos, afinal, concordo com o técnico Abel Braga que o jogador deve ser colocado aos poucos para ganhar a confiança e o condicionamento necessários. Torço para que seja o máximo de minutos possível. O camisa 20 faz uma falta absurda ao time. Sua criatividade torna o Tricolor menos previsível e mais encorpado no que diz respeito à criação.

Está mais do que claro que Gustavo Scarpa, sozinho, não consegue ser protagonista. Precisa de alguém ao seu lado para que a marcação seja menos implacável sobre ele, alguém que também preocupe os volantes adversários. Quem tem ajudado neste sentido é Wendel – que, escalado mais á frente, deixa de cooperar como fazia antes – e muito bem – com a transição da defesa para o ataque.

Abel já mencionou que, quando puder dispor de Douglas e de Sornoza, o time ficará mais consistente. O primeiro nem está fazendo tanta falta, mas o equatoriano é uma peça fundamental para que o Fluminense volte a mostrar aquele belo futebol que nos encantou no início da temporada.

xxxxxxxxxx

O empate sem gols com o Santos, no Pacaembu, foi um grande resultado. Em que pese o gostinho amargo pela bola que Wendel mandou na trave, enfrentamos um belo adversário, treinado por um cara que conhece nossos jogadores e atuou com o apoio de sua torcida. Ano passado, nos bateram nos dois turnos, mas não nos vencerão nesta temporada – no Maraca, os derrotamos por 3 a 2. Outra coisa: há quanto tempo não passávamos dois jogos seguidos sem levar gol? Gosto de valorizar as coisas boas.

xxxxxxxxxx

Fiquei impressionado com os gols que vi do Robinho, nosso reforço mais “badalado”. Parece ter o mesmo estilo do Richarlison, talvez menos cooperativo, mas com pontaria mais afiada. Tenho a impressão de que será bastante útil para o nosso elenco.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres