Que venha a final! (por Crys Bruno)

1914-A-torcida

Oi, pessoal.

Hoje, o nosso principal jogador será julgado no TJD (Saiba mais lendo o post do colega Felipe Fleury). Eu acho difícil Fred jogar no sábado.

Trocando ideias no twitter, o tricolor Frederico Peres me lembrou que a punição no TJD da FERJ não valerá para o Campeonato Brasileiro. Confesso que as leis desportivas brasileiras não me atraem ao estudo. Um dia, escrevo o porquê.

Voltando ao Fred e a troca de ideias no Twitter, eu percebi muitos tricolores esperançosos, achando que a Globo vai interferir, como fez para rechaçar a ida da segunda partida para o Engenhão.

Eu gostaria de ter essa esperança, mas não tenho.  Concordamos todos que Fred é atração, chama torcida e audiência na TV. A questão que me intriga é: a ausência dele nas finais (considerando a classificação), beneficiaria o Flamengo, menina dos olhos da Globo, ou o Vasco, o time da FERJ, cujo órgão, TJD, julgará o camisa 9 tricolor.

Se fizerem bem feito, FERJ & Vasco, os donos da competição, irão garantir a ausência do principal jogador do clube que Eurico Miranda quer diminuir a qualquer preço, para trazer o Vasco, novamente, ao lugar de principal antagonista do Flamengo.

A conferir.

Drubscky manda bem nas substituições

Eu não gosto do 4-2-3-1 para encaixar nosso time. Por dois detalhes: primeiro, pelos volantes jogarem em linha. A construção desta, feita por Jean e Edson à frente da zaga, é frágil. Quando abre o espaço, o adversário facilmente aproveita às costas do nosso meio-campo.

Prefiro um primeiro volante que compõe a dupla de zaga, ainda mais quando os zagueiros são mais lentos, caso dos nossos.

O outro detalhe é quanto aos meias. No 4-2-3-1, teremos que jogar nossos armadores para o lado do campo. No último jogo, por exemplo, vimos o Gerson fixo pela ponta direita. Ultimamente, Wagner jogou praticamente de ponta esquerda recuado.

Dentro das características dos nossos zagueiros e dos nossos meias, eu prefiro o 4-4-2 em losango que foi logo tentado pelo novo comandante ao chegar. O meia tem que cair pelos lados, não jogar fixo. Perdemos muito da qualidade do Gerson com aquele posicionamento. O custo é muito alto, portanto.

O único meia que cai bem pelo lado – e só o esquerdo – é o Marlone. Todos os outros por lá farão com que percamos a técnica e visão de jogo.

Gostaria até de ver Jean como lateral, já que Wellington Silva não marca ninguém, e um losango com Edson, Gerson, Wagner e Vinícius.

Tirando o retorno do 4-2-3-1, já falido por Cristóvão, eu só tenho elogios a fazer a Drubscky. Principalmente nas susbstituições corretas, consequência de boa leitura de jogo.

Destaco a de domingo passado: mesmo ganhando de 1 a 0, ele abdicou de um dos volantes para pôr mais um meia, melhorar o passe, a posse de bola, controlar o meio campo e o jogo.

Achei sensacional. Não fosse a perda do Henrique desmantelando nossa zaga, não tomaríamos aquele gol e quase o empate, em erros graves de marcação do Victor Oliveira e Giovanni.

Por fim, mais um detalhe a ser corrigido e duas constatações:

– Gum não pode jogar pela esquerda da zaga! Nunca!

– Lucas Gomes e Victor Oliveira não estão prontos para jogar no Fluminense.

E que venha a final!

Abraços fraternos,

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @CrysBrunoFlu

Imagem: fluminense

#SejasóciodoFlu

7 Comments

  1. Nota de Esclarecimento ao leitor:
    Pessoal, fechei o post antes da confirmação da FERJ que o jogo será no Engenhao.
    Abraços fraternos,
    Crys Bruno.

    1. Obrigado pela referência, Crys. Apesar da tremenda injustiça que fizeram, se conseguirmos o efeito suspensivo, o que acho difícil, seremos novamente bombardeados pela mídia. Esta é a nossa sina.

      1. Fleury, você está dando um show de informação e esclarecimento. Só tenho a agradecer. Afinal, não temos isso no jornalismo esportivo, principalmente, do carioca, normalmente, gestores da imagem de Flamengo e Vasco.

        Um beijo fraterno! Obrigada pela leitura!

  2. Afinal, entendo que a Diretoria fez boa aposta… Pode ser cedo ainda. É um time com outra alma, com variantes durante o jogo para confundir o adversário! Vamo, Drubs!

    1. Verdade, Marcio. O início do Drubscky está acalmando todo um imenso risco que a diretoria cometeu.
      Obrigada pela leitura e comentário!
      ST

  3. Belo texto, Crys!
    Que venha à quarta vitória seguida em cima deles, dentro do
    nosso “salão de festas”. rsrs
    E, depois, teremos um fra x FLU na final, vinte anos depois.
    Ps: como é pequeno o bostinha, não? rsrs
    ST4

    1. Oi, Maturana!

      Obrigada pela presença do amigo!

      Como costuma dizer o Bruno Leonardo, “eu quero essa RubensLiga” rs

Comments are closed.