Que saco! (por Luís Brito)

saco

Essa história já foi longe demais.

Troca de lado, inversão de valores, desrespeitar a história, segurança do torcedor, tradição, quantidade de torcida, contrato assinado.

Toda aquela história do passado foi destruída, assim como foi feito com o estádio; entretanto, a partir de domingo começaremos uma nova era, felizmente ou não.

Também não vou ficar aqui perdendo meu tempo escrevendo o quanto fico P*** com essa história de consórcio, governo e dinheiro público no Mário Filho. Sou indignado com tudo que aconteceu: eu era a favor da construção de um novo estádio para a Copa e deixar o Maracanã como estava.

Enfim, vou ganhar meu tempo escrevendo sobre o que penso dessa revolta da torcida vascaína.

Em 1950, Vasco e Flamengo que, naquela época, já eram as maiores torcidas do RJ, garantiram seu lugar cativo através de um campeonato organizado para decidir as entradas de cada clube. O Vasco foi o primeiro vencedor do estádio e por direito escolheu a direita dos rádios e coube ao Flamengo o esquerdo.

Nesse tempo a organização foi essa, até precisamente 2013, onde o governo entregou o estádio de bandeja para o Consórcio Maracanã S/A. Não por menos, a empresa responsável decidiu assinar com os clubes e Fluminense foi o primeiro; assim, o clube teve o privilégio de escolher o lado direito das cabines de rádio.

Não entendo o porquê da revolta vascaína: eles possuem um estádio próprio e mandam lá. No Maracanã, manda o consórcio e o clube que assinou contrato.

Parabéns ao Peter e toda cúpula tricolor que bateu o pé e não cedeu ao “choro” vascaíno nessa briga que, a meu ver, se chama EGO.

Ego esse que causa a ira e revolta do torcedor e acaba gerando a violência. Triste ver um ídolo dos gramados querendo brigar politicamente com os dirigentes de outros clubes. Respeito o que foi assinado, e não pense que o Vasco da Gama é maior que tudo e todos, ele é maior que você, senhor Roberto Dinamite. Respeito a torcida do Vasco da Gama por brigar (sem violência, é claro) pelo seu clube, mas não a você que incentiva os seus torcedores a não comparecem ao jogo para motivar um guerra entre torcidas.

Desculpe, mas o senhor perdeu toda a credibilidade com a sua torcida devido à sua gestão.

Os torcedores apaixonados do Vasco da Gama estarão no estádio e torcendo pelo clube e não por você, sabe por quê? Você não representa a torcida, e sim é apenas o presidente do Clube de Regatas Vasco da Gama – o senhor foi infeliz nas declarações e pedidos de boicotar um clássico lindo e bonito do Rio de Janeiro. Isso mostra o seu caráter.

Um novo Maracanã irá nascer no domingo e esperamos ser muito felizes.

E que a gente consiga conquistar cada vez mais taças e levá-las para dentro do Salão das Laranjeiras.

Luis Brito

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @datluis

2 Comments

  1. Quero que esse tal de dinamite vá é se fudê…..

    tá perdido igual cego em tiroteio…..

    Fluzão espoca o zói do vascocô…

    st

  2. Bem, se em 1950 houve um critério para definir a ocupação das arquibancadas do Maracanã, em 2013 houve outro. O que se definiu em 1950 não é vitalício. A vida felizmente é dinamica (nào dinamite, desculpe o trocadilho). Hoje o critério é outro, o velho Maracanã não existe mais. Novos tempos, novas regras, novo mandante. A torcida do Vasco é muito bem vinda ao Maracanã e quando for jogar contra o Flu terá todo o direito de ocupar as cadeiras…do lado esquerdo.

Comentário