Que mancada, Portuguesa! (da Redação)

Em 13 de setembro de 2013, uma sexta-feira, na disputa do título brasileiro, o futuro campeão Cruzeiro teve seu jogador Dagoberto julgado pelo STJD e suspenso por duas partidas por unanimidade de votos.

http://imagens.cbf.com.br/201309/618179525.pdf

No sábado, dia seguinte, 14 de setembro, pela 21ª rodada, o Cruzeiro, líder nas quatro linhas e correto dentro e fora delas, fez o óbvio: cumpriu a lei.

Dagoberto, suspenso, não foi sequer relacionado.

A Raposa enfrentou o Atlético-PR, venceu por 1 x 0 e abriu mais um passo para a conquista do tricampeonato brasileiro.

A mesma situação dois meses e meio depois, uma sexta-feira, jogo no fim de semana. André Santos e Heverton suspensos.

Pergunta-se: o regulamento do campeonato não vale para todos os times que o disputam?

Com a óbvia resposta, é intrigante pensar que o que valeu para o campeão Cruzeiro não deveria valer para Portuguesa e Flamengo, ao menos na visão da imprensa esportiva marrom. Já o STJD apenas cumpriu o rito habitual: (5 x 0) + (8 x 0).

Neste exato momento, o C.R. Flamengo recorre à Corte Arbitral de Genebra, mesmo tendo contra si uma decisão desfavorável por 13 x 0. A Portuguesa se escora numa liminar atrás da outra.

Defesa intransigente dos direitos, pavor ou tentativa de uma nuvem de fumaça?

A seguir, os próximos capítulos. As coincidências, oh, santas coincidências…

Nota: hoje completam-se 51 dias que André Santos foi escalado irregularmente e a imprensa esportiva do eixo Rio-São Paulo teve o maior lapso de memória de sua história, ao não ter publicado a simples manchete abaixo no pós-jogo de Flamengo x Cruzeiro, domingo (ninguém lembrou, ninguém viu, foi tudo coincidência):

manchete

dagoberto 1

 

dagoberto 2

dagoberto 3

 

Panorama Tricolor
@PanoramaTri

4 Comments

  1. Mas por que o Flamengo só saiu desesperado para a corte de Genebra agora, justamente quando a promotoria resolveu abrir o leque das investigações para uma possível tentativa de suborno?
    Por que não o fez anteriormente, quando o Fluminense era apontado unanimemente pela mídia marrom como o vilão da história?
    Aí tem coisa.

  2. Prezados
    Ótimo post e gostaria de saber dos jornalistas travestidos em “doutos” especialistas jurídicos com suas teorias de publicação do resultado, se vão cobrar a retirada de 06 pontos do Cruzeiro no jogo contra o Botafogo, primeiro após a publicação do resultado do julgamento, pois pela “teoria” dos mesmos Dagoberto poderia ter jogado contra o Atlético PR mas estaria suspenso para o jogo contra o Botafogo. No site da CBF o nome dele aparece na sumula
    Saudações Tricolores

    *** Service…

Comments are closed.