Por uma MP (por Mauro Jácome)

A zaga, a zaga, a zaga. Não há um tricolor que, sob a ótica defensiva, não esteja preocupado com o futuro. Mas, ela está lá e o comandante da nau diz que confia nela, até de olhos fechados.

Independentemente do que diz Abel, representantes de três partidos sobem nas tribunas que a vida moderna oferece para defenderem seus pontos de vistas sobre o assunto.

O PZH (Partido da Zaga Horrível) não poupa ninguém, nunca: “Todos são muito ruins e, um ou outro serve, no máximo, para compor o banco”. O Fluminense deveria ter contratado dois bons zagueiros para a temporada. Depois do jogo de sábado, passou a liderar as pesquisas de opinião.

O PLCG (Partido dos que Livram a Cara do Gum) defende que, para 2013, o Fluminense deveria ter contratado um zagueiro melhor do que o Gum para fazer-lhe companhia. Reconhecem que o Guerreiro falha, sábado, então, fez a festa, mas com um jogador tecnicamente melhor ao seu lado, faria uma zaga equilibrada. Parte das intenções de voto do partido migrou para o PZH.

Por fim, em baixa, o terceiro partido é o PZBC (Partido da Zaga Bicampeã). No seu programa, consta que, se Gum e Leandro Euzébio formaram a dupla de zaga campeã em 2010 e 2012, então, não pode ser ruim. Ainda, não há no mercado zagueiros melhores e, ao mesmo tempo, financeiramente viáveis. A forma da eliminação da Taça Guanabara foi um duro golpe na tese.

De um extremo ao outro no leque de opiniões, o fato é que não haverá mudança de nomes. Pelo menos até o fim da primeira fase da Libertadores. Portanto, amigos, proponho que o governo edite, em regime de urgência, uma MP (Medida Provisória) para arrumar a cozinha. O teor seria reforçar o sistema defensivo e, assim, dar mais proteção à dupla de zaga que entrar em campo.

Ao analisar a origem das jogadas que mais têm levado perigo, percebo que os adversários têm procurado os lados para lançar as bolas na área do Fluminense. Bruno e Carlinhos estão marcando muito à distância, quando não são envolvidos com mais de um inimigo à frente. Os jogadores que costumavam auxiliar na marcação – Nem, Thiago Neves, Deco, Wagner – estão mais relaxados do que em 2012. Além disso, Edinho voltou a oscilar muito, mais para mal, e Jean caiu de produção nos jogos mais recentes.

Urge o aperto dos parafusos do sistema defensivo. À frente da zaga, quando o Fluminense é atacado, o Edinho poderia voltar a se posicionar entre os zagueiros e o Thiago Neves recuaria para compor com o Jean a proteção. Isso aconteceu em vários jogos do Brasileiro de 2012. Vai ter sufoco? Vai, mas a zaga do Fluminense, pelo menos, vai ser marcada mais de perto.

Pelos lados, em apoio ao Bruno ou ao Carlinhos, o Wellington Nem poderia acompanhar a linha da bola, fazendo uma função de secretário de lateral. Depois, iria ao ataque correndo pela meia. Cansaria mais? Certamente, mas o banco do Fluminense não é invejado por todos?

O Bruno poderia ter coberturas esporádicas do Jean ou mesmo do Gum, dependendo das posições ocupadas, no momento do ataque do adversário. Se o Gum saísse para o lado do campo, o Edinho, automaticamente, ocuparia a zaga central.

Ah! Já ia esquecendo: o goleiro faz parte do sistema defensivo. Que tal intensificar os treinos para saídas de gol? Algumas bolas que, recentemente, cruzaram a área do Fluminense, que resultaram em gol ou não, poderiam ter sido interceptadas pelo Cavallieri.

É isso. Esses são só alguns exemplos de alternativas que, inclusive, já foram adotadas em outros momentos. Mas o Abel ganha um pouquinho mais do que eu e tem muito mais tempo para pensar em coisas que estanquem a hemorragia defensiva. O que não pode é a nossa dupla de zaga jogar com tanta liberdade, sem ninguém perto para marcá-los.
OFF TOPIC

Um novo Maicon? Esse Vitinho do Botafogo é liso e ligeiro, hein? Bem trabalhado e orientado, é um garoto de muito futuro.

Em termos de emoções, os segundos tempos dos dois clássicos do fim de semana mataram muita gente.

Devido a um acidente, estou com a perna imobilizada e de licença em casa. Assim, consigo ver todos, isso mesmo, todos os jogos que passam na TV. Nas duas próximas semanas, durante a tarde, a Champions virá com jogos do porte de ManUtd x Real, Bancelona x Milan, Bayern x Arsenal. Isso só me dá mais vontade de ganhar na Mega-Sena.

O ManUtd goleou, pelo inglês. O grande nome do jogo, autor de 3 gols, foi o japonês Cagawa. Esse é o único jogador que faz “aquilo” e dá certo.

Mauro Jácome

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Revisão preliminar: Rosa Jácome

6 Comments

  1. Rods comenta:

    Jácome, concordo plenamente com vc sobre nosso laterais. Bruno erra 80% do que faz. Carlinhos, quando está acordado nos dá grandes alegrias, mas ali atrás ele marca tão bem quanto um cone, fica 10 metros longe do adversário.

    Sobre a zaga, comentei ontem com o Dr. Renato e com nosso convidado de gravação Bruno Vargas Costa o seguinte: eu gosto da dupla Gum – Euzébio. Mas quando resolvem fazer besteira, fazem demais! Nos falta sim ao menos um cara que todo time possa olha pra trás e ficar tranquilo.

    Sem querer comparar, já comparando, Thiago Silva era assim. Podiam vir dois ou três atacantes, que a gente ficava confiante que ele tomaria a bola. E assim foi por várias vezes. É muito sonhar com um novo TS? Sim, é. Mas precisamos de alguém que faça a vez.

    ST!

  2. Rods, obrigado. Tão importante quanto a técnica, a inteligência é fundamental. Tem jogador tecnicamente limitado, mas que consegue suprir a deficiência com a inteligência. Jogador bom tecnicamente, mas burro, dá cabeçada a carreira toda. Agora, quando é limitado e burro, aí é dose. Os nossos zagueiros são primam nem por uma, nem por outra qualidade. Então, tem que tratar do esquema de proteção. Nada muito complicado. É treino e pronto.

  3. Ha ha ha. Boa matéria. Mas gostaria de fazer um adendo. Faço parte de um partido não mencionado PSDH (Partido do Sistema Defensivo Horrível), pois não é só a zaga que é horrível. Além de Gum, L.Eusébio e Anderson, o Edinho também é horrível. E o Bruno e o Carlinhos são muito mais ou menos. O Bruno até que marca mais ou menos, mas tem falhado, e no ataque é quase nulo. O Carlinhos, está tendo uns lampejos no ataque ultimamente, mas na defesa é NULO ! Junte a isso a falta de preparo físico do Deco e os erros de passe do T.Neves, principalmente, dando contra-ataques, e pronto: está formado o cenário ideal pro adversário atacar ou contra-atacar. E o coitado do Cavallieri, que já fazia muitos milagres, no ano passado, terá que ser mais que um santo este ano.

    1. Obrigado. Li rápido a sigla do partido e entendi PSDB. Aí que estaríamos ferrados de vez. Brincadeiras à parte, a MP é para fechar a sangria do sistema defensivo. Ainda mais que Tá difícil de a bola entrar lá na frente.

  4. parabéns.. nao to vendo jogos do carioca pq tenho o paulista, entao nao posso falar muito…. e melhoras pra vc…….

Comments are closed.