Palmeiras 2 x 0 Fluminense: atuações (por Mauro Jácome)

mauro jácome red

ENTRANDO EM CAMPO…

Levir Culpi optou por uma escalação cautelosa: colocou Edson e sacou Richarlison. O volante não mereceu sair do time no jogo anterior. Aliás, fez falta no combate e o Fluminense foi envolvido pelo Santa Cruz em alguns momentos no sábado passado.

DIEGO CAVALIERI

Falhou feio aos 24’1ºT, ao soltar uma bola boba. Sorte que o Dudu não conseguiu o domínio. Boa defesa aos 4’2ºT em chute de Dudu. Nos gols, não tinha o que fazer, mas faz tempo que não salva o time.

JONATHAN

Trabalho com Gabriel Jesus. Na frente, perdeu algumas disputas com Egídio, mas, quando lançado com rapidez, chegou bem no fundo e tentou encontrar alguém no meio da área.

GUM e HENRIQUE

Um primeiro tempo relativamente tranquilo para a dupla, consequência da boa marcação do meio-campo com Edson, Pierre e Cícero. Com a forte pressão do Palmeiras nos minutos iniciais da etapa complementar, os problemas surgiram. Numa falta, Gum subiu contra dois adversários, não deu em bola e gol do Palmeiras. Logo em seguida, no gol de Alecsandro, a bola foi cruzada do fundo e pegou a zaga desmontada. Depois, o Palmeiras diminuiu o ritmo.

WELLINGTON SILVA

No primeiro tempo, teve dificuldades para marcar o bom Roger Guedes. No segundo, levou um passeio, principalmente, quando Jean também foi pela direita. Ainda se meteu num lance do Gum e quase entrega o ouro de novo. Muitos passes errados na saída de jogo. Pouco apareceu na frente. Horrível mais uma vez.

PIERRE

O básico: alguns desarmes, dificuldade em acompanhar os adversários velozes e faltas. Quando o Fluminense precisa jogar, não conta com ele.

EDSON

Bom primeiro tempo. Conseguiu proteger a zaga mesmo tendo pela frente os rápidos Dudu e Gabriel Jesus. Saiu logo quando o Palmeiras marcou o segundo gol. Sempre é o sacrificado. Poderia ter ficado para que Pierre saísse, mas Levir, parece, não tem muita simpatia pelo seu futebol.

MARCOS JUNIOR

Com a vaca chegando no brejo, foi para o campo tentar um milagre. Óbvio, não conseguiu.

CÍCERO

Marcou bem no primeiro tempo, mas fez falta na organização. No segundo, nem marcou, nem armou. Limita-se a toques laterais e insossos.

GUSTAVO SCARPA

Sobrecarregado na função de criar e, mesmo com assim, foi o mais lúcido. Perdeu um gol incrível aos 23’2ºT. Em seguida, foi sacado. Castigo? Só falta…

OSVALDO

Correu para o lado onde havia muitos adversários. Nada de útil. Um bom jogo para cem ruins.

RICHARLISON

Jogadaça aos 23’2ºT, driblando quase toda a zaga e dando de bandeja para que Gustavo Scarpa pudesse marcar. Depois, brigou contras dois, três adversários.

FRED

Perdeu dois gols: um no fim do primeiro tempo e outro no do segundo. Às vezes, tem ficado isolado; noutras, escondido. Hoje, quando saiu da área para organizar, facilitou o trabalho da zaga porque não tinha ninguém para inverter de posição.

LEVIR CULPI

O Fluminense começou o jogo marcando a saída de bola do Palmeiras para evitar a natural pressão do dono da casa. A mesma coisa acontecia do outro lado, então, no primeiro tempo o jogo só aconteceu nos minutos finais, quando Fred quase marcou. Na volta do intervalo, o Palmeiras imprensou e marcou dois gols juntos. Daí em diante, o Fluminense pressionou em busca de um melhor resultado, mas duas das três substituições de Levir foram ruins: ao tirar o Edson, em vez do Pierre e, a absurda saída de Gustavo Scarpa para entrar Magno Alves. Lembrei do Chaves: “Que burrrrrro! Dá zero pra ele!”.

PALMEIRAS

O bom Roger Guedes comandou a vitória.

ARBITRAGEM (Sandro Meira Ricci)

Permissivo com a cera do Palmeiras.

…SAINDO DE CAMPO

O Fluminense começou a rodada em 3º e pode cair para 15º, se o Corinthians e o Sport vencerem. Que cara chato esse tal de Cuquinha. Se acha…

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

Imagem: major

7 Comments

  1. Sou fã do Scarpa mas desde o primeiro tempo quando ele à frente da área e ao tentar ligar um contra-ataque e chutou o chão.
    Parece que perdeu a confiança .
    Não acertou mais nada.
    Perdeu todas as disputas de bola ou chegou atrasado.
    Depois de perder gol feito, colocar alguém que sabe fazer gol me pareceu uma substituição aceitável.
    Ainda mais que Fred estava irreconhecível , perdia gol e ria. 🙁
    Achei que o Scarpa só jogou bem no início do jogo, 25 primeiros minutos .

  2. W.Silva é um dos jogadores mais burros que vi jogar.
    Com aquele fôlego e o futebol do Jonatham teríamos um craque.
    Mas na realidade o WS não sabe marcar, foi a avenida Palmeiras.
    E na frente errou tudo que pode.

  3. O Fred…
    800.000,00 por mês para perder os gols que perdeu…
    Realmente jogamos dinheiro fora .

  4. O Gum é muito fraco…
    É zagueiro Zagueiro.

    O Pierre uma nulidade.
    Mas o Edson ? Apesar de mais futebol não tem boa conciência tática para primeiro volante.

    Eu colocaria um dos Marlons no lugar do Pierre e deixava o Edson de segundo volante para protegermos melhor a zaga.

  5. O problema que a gente fala estas coisas mas mão estamos vendo os treinos.
    O jeito é confiar no nosso “burro com sorte” , vulgo Levir, e esperar evolução .
    Jogando o que jogou é luta para não cair.

  6. Concordo com a análise e enfatizo que o Levir e um otimo tecnico mas mexe muito mal no time, acho ele não conhece o elenco que tem.

    1. O Levir não pode ser mais um a ficar refém do Fred. Há jogos que temos percebido que o Fred não aguenta mais, mas não sai. O Richarlison no comando com o Marcos Junior e Gustavo Scarpa encostando, seria uma alternativa no segundo tempo.

Comments are closed.