Os novos desafios do Fluminense (por Paulo-Rocha)

INFORMÁTICA PARA PEQUENOS E MÉDIOS AMBIENTES

Os quatro pontos conquistados fora de casa (vitória de 3 a 0 sobre o Avaí e empate de 1 a 1 com o São Paulo) vieram na melhor hora possível para o Fluminense. Resultados que nos mantêm na primeira página da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e nos permitem, sem apreensão, virar a chave para a Copa Sul-Americana.

Sim, a prioridade desta semana é a competição continental. Quinta-feira, no Maracanã (que, espero, estará cheio), faremos o duelo de ida com a Universidad Catolica do Equador. Nossa obrigação é obter um resultado elástico para que não tenhamos que sofrer em demasia no jogo de volta, em Quito, onde historicamente passamos por momentos nada agradáveis.

Sobre o empate com o São Paulo, no Morumbi, foi importante não perdermos. Nosso astral se manteve alto. E olha que nem jogamos tão bem assim; contudo, tivemos mais chances claras de gol que o adversário. E que golaço do Wendel – mais uma qualidade do jovem volante.

A única coisa que me irritou profundamente foi a falha do Henrique no gol são-paulino. Ridícula, parecia o replay de outra lambança similar que nos custou uma derrota para o Botafogo no Brasileiro do ano passado, na Ilha do Governador.

Que ninguém se engane: precisamos fazer o resultado no Rio. Sem apreensão, nervosismo e outras coisas do gênero. Vamos para cima, mas com calma, sem estabanação. E, acima de tudo, mantendo o empenho e o respeito pelo time equatoriano.

Após o compromisso internacional, teremos pela frente, na noite de segunda-feira, a Chapecoense. Mesmo jogando em casa (o jogo deve ser em Edson Passos caso o estádio do América seja liberado) não teremos moleza. Jamais vencemos a Chape. Está na hora de quebrar este estranho tabu.

O amadurecimento dos moleques de Xerém está me enchendo de satisfação. Sob a batuta do brilhante Abel Braga, eles se mostram cada vez mais preparados para encarar a dureza da vida. É assim mesmo. Amadurecimento é uma coisa que somente se ganha na prática.

Que tenhamos uma boa semana e que possamos, orgulhosamente, exibir nossas lindas camisas tricolores pelas ruas. Com orgulho de usá-las. E com a certeza de que, mais uma vez, iremos surpreender os babacas que não levam fé no Fluminense.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres