Oportunidades (por Rods)

Fla Flu Maracanã

Oportunidades. Dentro e fora do futebol, uns pedem enquanto outros desperdiçam. Dentro dessa infindável suruba que se tornou o Campeonato Carioca, cresce o descontentamento da Odebrecht com seu retorno decepcionante na administração do Maracanã. Na contramão, vem a (F)Ferj, que até a terceira rodada já lucrou mais de 10 vezes mais que os quatro grandes. Surpresa? Você me diz.

Mas voltando ao problema com o antes Maior do Mundo, a empreiteira não é nenhuma vítima e sim, ganhou muito. Porém, não é obrigada a ficar aceitando o espólio negativo da briga entre Flu, Fla e a Federação. Sendo assim, a continuar a situação, temos duas vertentes: a devolução do estádio ao governo ou sua cessão a outra concessionária.

Aí, meu amigo, em meio ao caos, entra a oportunidade. Vocês devem lembrar os boatos em torno de uma aliança entre nós e o time de remo com o suporte de uma empreiteira para assumir o Maracanã. Era o sonho de ambas as torcidas. Nosso Giuseppe Meazza / San Siro ou melhor, Nelson Rodrigues / Mário Filho. Na época, o projeto acabou natimorto, graças, em parte, à Patrícia Amorim, então presidente na Gávea.

Não vou entrar em detalhes, mas envolve a insatisfação com sua gestão, o caso Thiago Neves e uma péssima estratégia.

Enfim, eu, no lugar do Peter, ficaria de orelha em pé e manteria uma linha aberta com Eduardo Bandeira de Mello. Como dizem nas redes sociais, #ficadica.

Os “come-grama”

Falando em oportunidades, tá dando gosto ver o Fluminense em campo. Eu, sinceramente, estou feliz. Claro que o futebol não está um esplendor. Mas faz algum tempo que não via o time inteiro comendo a grama. Os novatos Vinícius, Lucas Gomes, Victor Oliveira, Giovanni, Renato e Marlone chegam até a pecar por excesso. Mais alguns jogos e eles aprenderão a dosar essa vontade exacerbada. Quando isso acontecer e o time parar de “voar às cegas”, a coisa vai ficar bonita.

O ex-vascaíno é um caso especial, pois viu sua grande chance não vingar no Cruzeiro e agora está fazendo de tudo pra provar do que é capaz.

Uma excelente consequência é que, por isso, todos correm e se esforçam. Os que ficaram e os que voltaram não têm opção. É entrar no ritmo ou sair do time. Acabou a era sanguessuga nas Laranjeiras. Destaque para Fred e Wellington Silva, que ganhou até grito da torcida contra o Bangu.

Sobre o Robert, sim, é cedo demais pra dizer, mas talvez tenha chegado seu momento. Tem que colocar ele em campo. E ainda temos Gum, Marlon, Kenedy e Gérson para entrar nesse time…

Nada de oba-oba, mas vejo um horizonte límpido e azul, enquanto afastamos as últimas nuvens da tempestade.

ST!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @Rods_C

Imagem: Richard Souza

#SejaSocioDoFlu

Copa

6 Comments

  1. Ótima oportunidade. Vejo dias melhores à frente. Precisamos nos manter firmes e não deixar que a politicagem de Euricos e Rubinhos estraguem nosso futuro. Somos muito maiores do que tudo isso.
    Quanto ao time já venho dizendo faz tempo: seremos campeões esse ano. Vai dar liga.

  2. Rods comenta:

    Valeu, Ernesto! Concordo contigo em quase tudo, mas realmente acho que esse título já é do time do dono do campeonato.

    Abração e ST!

  3. Amigo, só um recado:

    “Quem com os porcos se mistura, acaba comendo farelo.”

    Quanto ao dono do campeonato, você só pode estar falando do Bangu do Rubinho.
    Ou então está tendo delírios!

    Grande abraço

    Zeh

    1. Rods comenta:

      Zeh, não estou propondo a junção em negociatas com interesses egoístas ou mal-intencionados. A questão de tomar o estádio seria benéfica sem a necessidade de sujar as mãos (ou acabar “comendo farelo”).

      Já defendi o Vasco sempre que achei justo e também acredito que o que foi feito contra ele, não teria sido feito na presença do Eurico. Porém, ele dá um poder sujo ao seu time e manipula o Rubinho a seu bel-prazer. Ambos estão acuando Flu e Fla, forçando uma situação de “dá ou desce” em várias frentes. Abaixar a cabeça como o Botafogo está fora de cogitação.

      Como você sabe, não sofro de radicalismo e tenho a mesma simpatia que você pelo time de remo, mas a situação força uma aliança oportuna. Alguma coisa tem que acontecer. O futebol carioca como um todo perde força sistematicamente a cada ano.

      Abração!

  4. Esse é o verdadeiro Fluminense, quando todos o desacreditam ele cresce e conquista Títulos.

    ST!!

  5. Caro Rods, concordo com uma administração conjunta, mas teria que se criar uma empresa para administrar sem paixão clubística. Pois sabe como é, no final ficaríamos em 2º plano. . Mas o Zeh, tem tb um pouco de razão. Só não pode dizer que o dono do campeonato é o “roubinho”!!!

Comments are closed.