O torcedor mais pé-frio do mundo! (da redação Panorama)

Você já pensou num sujeito que torce para dois times?

E pior: que consegue ser um torcedor pé-frio nos dois?

Milton Neves conseguiu a façanha. E bote façanha nisso.

Vinte e dois anos, repita-se, VINTE E DOIS ANOS sem ser campeão estadual com o Santos entre 1984 e 2006. Digno de corar os alvinegros do Rio.

E quarenta e dois anos (no mínimo), repita-se, QUARENTA E DOIS ANOS sem ser campeão com o Atlético Mineiro entre 1971 e 2013.

Somando 22 + 42 = 64. SESSENTA E QUATRO ANOS! Uma vida inteira sem gritar “É campeão”.

Opa, peraí!

Não estamos em 2012? Como assim, 2013?

Bom… com um pé-frio desses, é claro que esse ano já era! 🙂

Redação Panorama Tricolor/ FluNews

@PanoramaTri

Contato:  Vitor Franklin

 

5 Comments

  1. Esse cara é um chato de galocha. Faz coro com ele o caipira Neto e um ex-juiz corinthiano, que não lembro o nome. Formam um bando de paulistas com visão de província e torcem descaradamente contra o Flu, em favor do galo e de outros menos competentes. Não vale a pena falar desse cara e nem ver seu programa.

  2. Presidente do time perdedor:

    “No fim, vocês vão ver que o campeão seria outro que não o vencedor de fato, se não fossem os erros de arbitragem. É bonito, isso? Acima de tudo, falta bom senso.”

  3. Sobre o caso do Flu administrar o Maracanã sozinho:

    O Fluminense é o maior exemplo de administração no futebol do Rio, enquanto o framengo é o pior exemplo de administração (envolvendo todas as áreas possíveis e imagináveis) do mundo. Acredito piamente que seria muito mais vantagem para essas empresas envolvidas se juntarem ao Fluminense que além do exemplo de administração, tem uma ótima imagem, tanto o clube como a torcida, do que à esculhambação e a péssima imagem dos fedorentos.

    Seria mais um título em cima dos mulambos.

Comments are closed.