Nesse time não falta combustível (por Marcus Vinicius Caldeira)

O país pós golpe é um merdelê só. Para completar, colocaram um tucanoide liberal na presidência da Petrobras que, de pronto, alterou a politica de preços da maior empresa do país, atrelando à cotaçâo do petróleo no mercado internacional, fazendo com que os reasjustes passassem a ser diários e por conseguinte o preço dos combustíveis fossem lá na estratosfera.

Por conta disso, os caminhoneiros paralisaram seus serviços e o país altamente dependente deles para distribuição interna das cargas, parou. Está faltando combustível nos postos de gasolina.

Os patos que provocaram a mixórdia no país a partir de 2015 devem estar felizes.

Se no país falta combustível e vergonha na cara dos políticos,  no Flu sobra gás, entrega e muita dedicação. A guerreirada em campo corre atrás mesmo das vitórias. Dá gosto de ver.

Um time barato para os padrões atuais do futebol brasileiro (parece que só o Gum ganha acima de 150k/mês), numa mescla de garotos oriundos da base e contratações de jovens jogadores com boa qualidade técnica e muita gana de vencer.

Junte a isso um técnico extremamente competente, multicampeão, tricolor até a alma, que entendeu o momento financeiro atual do clube e o time vem muito bem neste inicio de Brasileirão.

Somos os vice lideres da competição e o jovem Pedro é um dos artilheiros do certame com 5 gols.

Sim, é muito cedo para qualquer euforia. É pé no chão, manter os salários em dia,  aproveitar alguma ou outra oportunidade de mercado e manter a base desse time.

Temos dois jogos foras de casa e o Fla-Flu. Que a torcida siga apoiando e não falte combustível para tal.

A esse time não falta, até sobra.

Já no Brasil….

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvinicaldeira

Imagem: MVC

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres