Não paro de cantar! (por Francisco da Zanzibar)

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVRO – COPACABANA CITY BLUES

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVRO – PEQUENOS RELATOS DA OPRESSÃO

Em meu pronunciamento neste PANORAMA TRICOLOR, um veículo de exaltação às cores do nosso club, venho dizer que hoje devemos entrar em campo e na torcida com a nossa força, a nossa garra, o nosso tesão e tudo, absolutamente tudo que possa nos levar a uma boa vitória sobre o Flamengo. Não me importam os meios, mas o fim: três pontos.

Temos passado momentos difíceis no clube, devido à falta de diálogo entre as partes e a guerra advém do caos financeiro e político. Como conselheiro do club, eu nunca soube de nada que pudesse explicar o nosso rombo – do meu, quem manda na minha vida sou eu.

Acho que todos deveríamos fazer um grande encontro e fumarmos um saboroso cachimbo da paz, de preferência um becão que possa ser contratado pelo Flu. Nas partes que muito me tocam, apresar (sic) de criaturas grotescas como Agnaldo Happybath, Rice Powder, O Suíno Tesudo e outras, o que me importa é uma grande união em torno do club. Podem confiar: darei tudo de mim para que isso aconteça, o possível e o impossível. Precisamos de paz para retormar (sic) o caminho da glória. Agora, se o papo for guerra, eu tenho minhas armas e que ninguém as desafie: posso colocar qualquer um na merda.

Convoco a todos os tricolores para que compareçam ao Engenhão, meu eterno Estádio Jean Marie Havelange (muito melhor do que esse tal de Pirjan (sic)). De mãos dadas e com muita proximidade, poderemos vencer os mulambos. Sei que nosso team tem jogadores mais fracos, mas nossos belos rapazes podem dar mais uma lição de moral no Urubu Otário. Eu estarei presente ao camarote e confio na vitória. Já escolhi até o lugar da comemoração: Ipanema.

Vamos Fluminense, com garra e com raça – não paro de cantar. Chega de viadagem: o Fluzão vencerá!

Do seu amigo e seu político,

Chiquinho Zanzibar.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

#JuntosPeloFlu

Imagem: cz

Comentário