A Matemática e o Botafogo (por Marcus Vinicius Caldeira)

fluminense-7-x-1-botafogo

A Matemática é a mãe das ciências, a ciência das ciências.

A partir dela várias outras se desenvolveram, a humanidade pôde expandir seus domínios sobre a natureza e as coisas, inúmeras profissões se desenvolveram e, claro, fazem uso dela.

Desde os primórdios do surgimento da raça humana como conhecemos hoje, o ser humano na busca por compreender quantidades, magnitudes e formas desenvolveu a Matemática mesmo que ela não fosse conhecida como tal. Grandes povos como os babilônios, chineses e egípcios há milhares de anos atrás já efetuavam cálculos sofisticados que os ajudavam na agricultura, astronomia e construções, por exemplo. Mas foram os gregos os definitivos com suas deduções, teoremas e axiomas a tornarem a Matemática uma ciência. Pitágoras, Tales de Mileto, Arquimedes, Hipócrates e tantos outros foram fundamentais para a ciência matemática.

Dentre esses matemáticos gregos, um de grande destaque foi Euclides de Alexandria ou simplesmente Euclides. Conhecido como o pai da Geometria, Euclides concebeu a Geometria Plana (conhecida como Geometria Euclidiana) e Espacial, sendo sua obra de maior destaque “Os Elementos”, obra esta dividida em 13 volumes,

Mas que diabos tem a ver Matemática, Geometria, Euclides com Botafogo, futebol e Fluminense? Eu chego lá.

Seguindo o raciocínio, a Matemática valeu da arte de definir para começar sua construção lógica. Desde sempre ela se valeu de definições. E também do que conhecemos como conceitos primitivos, ou seja, conceitos aceitos sem definições. São tão óbvios e claros que não carecem definição. São conhecidos como entes primitivos.

E o genial Euclides concebeu alguns entes primitivos da Geometria, entre eles o ponto (os outros são a reta e o plano)

A representação de ponto todos conhecemos e entendemos como um lugar concebido sem dimensão ou um ente com dimensão igual a zero. Elevando-nos ao auge da abstração (e nada mais abstrato do que a Matemática), um outro conceito de ponto é bem interessante: “Pense na menor partícula do universo. Pensou? Pois bem, o ponto é menor”.

Finalmente cheguei onde queria. Trazendo a dimensão do futebol gostaria de trazer a definição de Botafogo de Futebol e Regatas à luz da geometria euclidiana: “Pense na menor partícula do universo. Pensou? O ponto é menor. Agora, pense no ponto. Pensou? O Botafogo é menor ainda”.

Pronto: está aí a minha definição para Botafogo.

Nada pode ser menor do que esse time. Desde os primórdios são os coitadinhos, choram por pequenas coisas, além de sua sala de troféus ser menor que a área de um fusquinha.

Só para efeito de comparação, meu primo Vinicius, com 14 anos, já viu mais títulos importantes que qualquer torcedor do Botafogo seja nascido em que época for. Vinicius já assistiu a duas conquistas de campeonato brasileiro e uma Copa do Brasil, ou seja três títulos nacionais. O Botafogo, em toda sua história, possui apenas dois.

Para se apequenar ainda mais, não bastasse estar na segunda divisão e com uma das duas maiores dívidas do futebol brasileiro, resolveu ir a reboque do atraso no futebol carioca: é um satélite em torno de Rubinho e Eurico Miranda, os dois mafiosos que mandam neste campeonato mequetrefe da federação de futebol do Rio de Janeiro.

Agiu para tirar o segundo jogo das semifinais do palco da final da Copa do Mundo e levar para o combalido Engenhão. E agora comemora a condenação de Fred pelo TJD/RJ por ele criticar o campeonato carioca.

Pode levar o jogo para Marte, tirar o Fred, jogar com 14 homens na linha e dois goleiros. Sábado eliminaremos vocês da única competição em que podem sonhar com título.

Botafogo, pode ter certeza, um dia a conta vem. Estes tempos sombrios do futebol carioca estão terminando. E a conta será cobrada com juros e correção monetária, que você não terá cacife para pagar.

E valendo do Postulado da Existência, que diz que numa reta ou fora dela há infinitos pontos, eu digo que o Fluminense é a própria existência posto que sua grandeza é de magnitude infinita.

A diferença do tamanho do Fluminense para o Botafogo é de 7 para 1, no mínimo.

Se é que me entendem.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvinicaldeira

Imagem: google

#SejasóciodoFlu

IMG-20140515-WA0000

 

o espirito da copa divulgação

8 Comments

    1. Valeu! Não gostaria, mas diante das últimas ações deles fui obrigado.

  1. E valendo do Postulado da Existência, que diz que numa reta ou fora dela há infinitos pontos, eu digo que o Fluminense é a própria existência posto que sua grandeza é de magnitude infinita.
    Fazendo minhas as suas palavras!

Comments are closed.