Pedro na Seleção, torcida no Maraca (por Aloísio Senra)

PEDACINHOS DA COPA – CLIQUE AQUI.

Tricolores de sangue grená, esta foi mais uma semana de altos e baixos (ou seria baixos e altos?) para o nosso amado Tricolor. Se tivemos na segunda-feira o gosto amargo de uma derrota acachapante para o Inter dentro de casa (em que seu arqueiro pegou até pensamento, diga-se), o meio de semana nos reservou uma classificação maravilhosa – ainda que obtida num jogo fraco e até desnecessário – para a fase de Oitavas de Final da Copa Sul-Americana, nosso objetivo maior este ano (além dos 47 pontos no Brasileirão). Mas o principal mesmo foi o golaço (mais um) de Dom Pedro, que sobra nesse time do Fluminense. Acertei o placar desse jogo e vaticinei o gol de nosso menino-craque, porque o Pedro é uma daquelas certezas: quando tudo vai mal, dá nele que ele resolve. As comparações são inevitáveis, de Ézio a Fred, mas algo me diz que ele tem bola para mais, muito mais.

É verdade que por algum tempo eu duvidei. Se tinha apostado nele como um grande nome a surgir no time principal lá pelos idos de 2015, inclusive falando sobre isso num Programa Panorama Tricolor de que participei (à época defendia que subissem logo o garoto para ser o reserva imediato do Frederico), em colunas mais recentes questionei os prognósticos do Abelão e sinceramente duvidei que ele estourasse tão cedo, devido ao seu início claudicante. Entendi ser muito grande a responsa para o jovem artilheiro. Ledo engano. Queimei a língua e, amigos, que sensação maravilhosa sentir a língua arder a cada gol de nossa promessa que já é realidade. Eu não quero estar certo, quero é ser feliz, e Pedro nos faz felizes de verdade. Já jogou 37 partidas no ano, marcando 19 gols, fora o número de assistências. E não é só isso: Pedro faz gol de tudo quanto é jeito, tem muito recurso. E isso teve consequências.

O olho do mercado cresceu, e começaram a chover as propostas. O Fluminense fez bem em não aceitar uma pipa e duas mariolas pelo nosso Queixada, pois ele tem muito, mas muito mais bola que um certo jogador inflado pela mídia molamba e que agora foi ser banco na Espanha. E toda a sua habilidade e desempenho foram coroados com a convocação para dois amistosos da Seleção Brasileira em setembro. Sim, nosso Pedrão vestirá a amarelinha, povo! Olha, eu fiquei emocionado junto com ele ao ver o vídeo de sua reação à notícia da convocação. Mais do que um passo importante em sua carreira, esse evento valorizará o menino de tal forma que não será jogo vendê-lo agora. Aliás, nem ano que vem. Temos que segurá-lo com unhas e dentes, aumentar o salário dele, o tempo de contrato e a multa rescisória. Fazer o que o Santos fez com Neymar. Por que não? Só temos 50% do passe dele. Mesmo que o vendamos por um bom valor agora, o mesmo será fracionado, e não teremos retorno esportivo suficiente com ele.

O próprio artilheiro já disse que quer vencer a Copa Sul-Americana antes de sair e que não tem pressa para jogar na Europa. Se ele não tem, por que deveríamos ter? Pedro tem que ficar e ser nossa inspiração. Se já fomos muitas vezes ao estádio inspirados pelos gols de Fred, que seja agora nosso Dom Queixote a motivação que precisamos para encher o Maracanã nos compromissos que se avizinham. Amigos, tem sido muito difícil pra mim não ir ao estádio apoiar o Flu, pois meu filho recém-nascido ainda é muito novo e exige muito de mim e de minha companheira. Neste momento, eu vos convoco: vão em meu lugar, vão não só por mim, mas por todos aqueles, vivos, doentes e mortos, que não podem ir. Vão pelo Fluminense, pela perenidade de nosso eterno amor. O time não inspira confiança, eu sei disso. Às vezes joga como um time de ponta, às vezes como um time de várzea. Mas nosso amor não se mede pelo momento do time ou por quem está na gestão: ele é incondicional, uma paixão arrebatadora e constante, um fogo de Prometeu que jamais se apaga. Vamos apoiar.

– Curtas:

– Nem falei direito do jogo deste domingo, né? Pois é, tem América-MG x Fluminense no Independência no horroroso horário das 19hs. O América-MG conquistou sete pontos nos últimos 15 disputados, e possui cinco vitórias, dois empates e duas derrotas jogando em seus domínios. Vale lembrar que eles bateram o Internacional lá, então não dá pra dizer que o jogo será fácil. Por outro lado, se mantivermos o 3-5-2 e o time for bem escalado, talvez consigamos um bom resultado, visto que eles provavelmente tentarão nos atacar. Vou arriscar 2 x 1 Fluminense, gols de Pedro e Digão.

– É de suma importância que consigamos vencer nessa rodada. Se demos sorte na última, perdendo e mantendo a posição, é improvável que isso se repita. A zona de rebaixamento está próxima demais para deixarmos de buscar os três pontos. Olho vivo!

– Quarta-feira tem o Corinthians no Maracanã e no sábado tem o Cruzeiro no Mineirão. O Corinthians perdeu da Chape na Arena Condá, então dá pra bater os caras no Maracanã. Difícil é vencer o time Celeste em seus domínios. Perderam apenas duas partidas em casa e estão em ótima fase nas demais competições que disputam. Porém, já os vencemos aqui no Maracanã, e essas mesmas competições que disputam podem tirar seu foco da partida do fim-de-semana. Pode dar bom! Vou arriscar um a zerinho magro nos dois certames e artilharia cada vez mais isolada do Pedroca.

– A sequência do início do returno no Brasileirão será pesada: Corinthians (casa), Cruzeiro (fora) e São Paulo (fora). Administrar o elenco será desafiador, principalmente se nesse ínterim tivermos que disputar a Copa Sul-Americana (as datas não foram divulgadas ainda). Perder duas dessas três partidas teria um efeito catastrófico na tabela e não dá nem pra cogitar isso.

– Falando em Copa Sul-Americana, as chaves já estão definidas, e enfrentaremos o Deportivo Cuenca na altitude maldita de Quito. Por alguma razão, eles escolheram jogar a partida de ida no estádio da LDU. Superstição?

– San Lorenzo ou Nacional-URU será o adversário das quartas, podemos encarar um brasileiro na semifinal e até a indigesta LDU na final. Nosso caminho na Sula não está nada fácil, mas é assim que gostamos.

– E não dá pra não falar da contratação de Kayke. Eu cheguei a mencioná-lo em algum momento como uma opção ao João Carlos quando este veio lá atrás indicado por Fábio Braga, mas a contratação dele neste momento me passa uma sensação de mal estar tremendo. Primeiro porque a torcida do Bahia parece ter comemorado muito a saída dele. Segundo porque ele vem para ser o reserva imediato do… Pedro. Faltam 12 dias para a janela de transferências fechar e já me parece uma eternidade!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

1 Comments

  1. Bom dia Aloisio,
    Voce tem razão o Icaro é a sua prioridade. Também sou pai. Força para vocês.
    Quanto ao Pedro, gostaria de acrescentar algo que ainda não ouvi ninguém dizer. Apos ter feito gols parecidos com os do Sócrates, Fred, Zico,etc…, os seus proprios, o ultimo me fez lembrar dos gols que o Reinaldo do Galo e o Romario tinham o habito de fazer.
    Minha torcida para que fique pelo menos mais 3 anos no Fluminense. Porque não!
    Grande Abraço Tricolor!

Comentário