Questão de honra para o Flu (por Paulo Tibúrcio)

Estamos todos nós, ou pelo menos a maioria de nós, torcedores do Fluminense, de saco cheio com o desempenho do time neste lastimável ano, esta é a verdade. Não temos mais saco, que me perdoem o linguajar chulo. A gota d´água foi, certamente, o último jogo contra o Sport, total falta de respeito com a torcida e outros times que ainda se agarravam em chances de permanência na série A do Campeonato Brasileiro.

O certo era parar de pensar em futebol logo após o jogo. Porém, cabe um desfecho que pelo menos dê algum indício de que 2018 possa ser melhor. Já não falo em busca da vaga da Copa Sul-Americana, que eu considero obrigação. Não me importo com o fato de quanto melhor colocado, maior a premiação. Sendo bastante direto, o Fluminense precisa ganhar este último jogo por vergonha na cara!

Muitas críticas são feitas em relação ao desempenho técnico da equipe durante as competições. Concordo que não tivemos um time de ponta, estamos em um patamar abaixo das melhores equipes brasileiras. Agora, discordo de algumas opiniões, data vênia, que apontam nosso time como um lixo. O time não tem um equilíbrio técnico, porém está de igual para igual com os times intermediários. Tínhamos total condições de conseguir uma das muitas vagas da Libertadores. Boa parte dos jogadores seriam titulares nas equipes adversárias.

Os problemas foram muitos, mas a desídia também imperou. Quantos gols ridículos sofridos no início ou final das partidas. Quantos chutes desperdiçados de forma descompromissada, quanta displicência no meio de campo. Isto tudo tem um custo muito alto para o clube, os próprios jogadores e principalmente para a torcida, que se empenha em apoiar o time e sonhar com vitórias e títulos. Não pode ser assim: estamos falando de futebol profissional.

Foi um ano desgastante e jogador é ser humano. Não serei leviano a ponto de exigir que o Fluminense jogue completo contra o já rebaixado Atlético Goianiense, como uma forma de punição. Vai da fisiologia de cada um dos jogadores. Alguns chegam ao final de ano muito desgastados, sendo bastante prudente poupá-los.

Só não cabe desculpas de que o jogo é só para cumprir tabela. Não pode o time que estiver em campo vestindo o uniforme tricolor não ter compromisso com a vitória. Tem que entrar jogando com seriedade e dedicação. Uma excelente oportunidade para aqueles que desejam mostrar serviço.

Não tenho expectativa para este jogo, apenas desejo. Desejo que joguem pela camisa, para prestigiar os torcedores fanáticos que eu sei que estarão presentes no estádio ou no intuito de fazer Henrique Dourado merecidamente o artilheiro do campeonato.

Que joguem pela honra, que nos tempos atuais não parece valer muita coisa, mas que para mim, vale muito.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @paulotiburciojr

#JuntosPeloFlu

Imagem: bit

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres