Fluminense x Coritiba ou… (por Zeh Augusto Catalano)

catalano green

…Alemanha x Itália

Nas últimas semanas, muito se discutiu, aqui e em outras páginas tricolores, sobre a gestão atual, contratações, saída do Fred, CT etc. Também se falou sobre o nomadismo ao qual o Fluminense está forçado, graças ao fechamento do Maracanã.

Outros assuntos ficaram menos em voga. Como a marcação deste jogo contra o Coritiba para um sábado, às 16h, o sábado em que teríamos quartas de final da Eurocopa, tendo probabilidade altíssima de termos a Alemanha em campo (como aconteceu).

Dez para as quatro da tarde de sábado.

No Sportv, uma hora antes da partida, só se falava de Alemanha x Itália. Nem uma letra sobre Fluminense x Coritiba foi dita. Era como se o jogo não existisse, ou como se não houvesse Campeonato Brasileiro acontecendo durante a poderosa Eurocopa.

Na B, Avaí x Vasco no mesmo horário.

Eu sou tido como teórico da conspiração. Posso ser.

Não acredito que seja coincidência que ambos joguem exatamente no horário dessa partida da Eurocopa. Partida essa – única do dia na competição – agendada há meses. Aqui em Brasília, há três dias o jornalismo esportivo só fala da partida “entre as duas maiores torcidas do Brasil”, que terá, lógico, todo o destaque do mundo, e TV aberta, às 16 horas de domingo.

Esse horário de sábado às 16 é de partidas da segunda divisão. Se não estou louco, é a primeira partida disputada pelo Fluminense neste horário no campeonato. É absolutamente inexplicável que isso ocorra, pois o único efeito prático de se colocar esta partida em Volta Redonda é transformá-la, ainda mais, num evento exclusivo para abnegados – tanto os que vão ao estádio, quanto os que assistem na TV. Nenhum torcedor de qualquer outro time largará Italia x Alemanha para assistir ao jogo do Flu. Pior, muitos torcedores do Fluminense (especialmente os mirins) largarão de ver sua paixão para assistir o desfile de craques da Europa.

O prejuízo para a marca Fluminense é enorme. Quem impõe esse horário? Por que não houve, da parte da dona dos direitos de transmissão, ou do Fluminense, ou do adversário (o Coritiba também é interessado!) qualquer tentativa de se alterar o horário desse jogo? Caso tenha havido, por que não foi divulgada?

Será que ninguém pensou no fracasso completo que uma partida nesse horário seria? Por que este jogo – fundamental em termos de tabela – foi marcado nesse horário? Quem questionou isso?

Enquanto escrevo, Antonio Gonzalez, em Voltaço, sinaliza cerca de 700 testemunhas no estádio. Incrivelmente, o borderô apontou 1.800, imperceptíveis na transmissão. É assim que o futebol brasileiro pretende se reerguer do 7 a 1? É assim que se quer um Fluminense forte?

Provavelmente algum professor doutor dirá, em resposta a esse texto, que não faz sentido mudar horário de jogos do campeonato brasileiro por causa de um torneio internacional. Infelizmente o número de torcedores no estádio e, certamente, o número de tevês ligadas em bares e botecos Brasil afora são a prova do erro dessa decisão.

Menos de duas mil pessoas em Volta Redonda. Um zero a zero péssimo.

Parabéns aos envolvidos.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: zac

1 Comments

  1. Bom dia!

    Na moral ,não existe Eurocopa nenhuma que me faça NÃO assistir o meu Fluminense nem tão pouco horário. Para o nosso Fluminense ser forte , basta ter um padrão de jogo,coisa que nós não temos e isso esta me levando a tomar remédios rs ..

    ST!

Comentário