Fluminense 3 x 0 Nacional de Potosí (por Ricardo Goulart O China)

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVRO – COPACABANA CITY BLUES

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVRO – PEQUENOS RELATOS DA OPRESSÃO

Estreia na Sul-Americana, Flu x Potosí. Com o Maracanã bem vazio, novamente falta sensibilidade à diretoria, que não ajusta preço por horário e adversário.

No primeiro tempo de disputa entre a bola e a torcida, a competição foi para saber quem sofreu mais.

O Potosí marcou alto, diferente do que foi publicado durante o dia, quando o técnico adversario prometeu uma retranca daquelas. E o ataque nulo do Fluminense, principalmente M. Junior. Poucas chances de gol.

Na segunda etapa, veio a mudança fundamental do Abel. Tirou o ruim M. Junior e o regular Jadson, que até ajudou bem enquanto esteve em campo, para as entradas de Pablo Dyego – decisivo – e Matheus Alessandro.

O jogo continuou muito ruim até os 30 minutos do segundo, numa pelada de dar inveja ao carioquinha. Mas aí Pablo marcou o primeiro gol, acertou uma bela bicicleta, Gum fez o segundo e Queixada bateu bem o pênalti descarado em cima de Renato Chaves.

Final empolgante para um jogo medíocre, uma importante vitória para quem vive um dia de cada vez.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

#JuntosPeloFlu

Imagem: gou

Comentário