Fluminense 2 x 1 Nova Iguaçu: atuações (por Mauro Jácome)

LIVRO – COPACABANA CITY BLUES – POCKET

LIVRO – PEQUENOS RELATOS DA OPRESSÃO 2018 – POCKET FINAL

Jogo muito tranquilo para o Fluminense. Trocou passes e chegou com facilidade ao gol do Nova Iguaçu. Abriu o placar aos 11’, em ótima jogada de Robinho, que foi ao fundo e tocou para Pedro marcar. Aos 18’, Sornoza cobrou escanteio na cabeça de Reginaldo que nem precisou subir muito para, de cabeça, deslocar Jefferson e ampliar. O restante do primeiro tempo foi de trocas de passes, mas sem objetividade.

O segundo tempo se desenrolava lento e desinteressado até os 21’, quando Júlio César falhou bisonhamente ao soltar uma bola fácil. O gol do Nova Iguaçu acendeu o sinal de alerta, mas falsa. O Nova Iguaçu se manteve atrás e o Fluminense não tinha interesse em forçar.

JÚLIO CÉSAR

Na única bola que foi ao gol, cometeu uma falha horrorosa.

REGINALDO

Tomou um cartão idiota logo no começo de jogo. Redimiu-se aos 18’, ao escorar escanteio cobrado por Sornoza. Depois, assistiu ao jogo.

GUM

Sem trabalho.

IBAÑEZ

Também teve vida fácil.

GILBERTO

Tentou chegar ao fundo, mas esteve bem marcado. Errou nas tentativas de drible. Os cruzamentos não foram bons. Partida abaixo da média recente.

MATHEUS NORTON

Entrou no fim e participou das trocas de passes.

DOUGLAS

Teve espaços para fazer a saída de bola da defesa para o ataque, mas precisa de mais jogos para readquirir ritmo.

JADSON

Segurou mais atrás. Ao contrário de outros jogos, carimbou pouco a bola.

SORNOZA

Escanteio muito bem cobrado no segundo gol. Participou pouco no segundo tempo o que fez o time perder ofensividade.

AYRTON

Ao contrário de outros jogos, pouco apareceu no ataque. E nem tinha muito o que fazer na defesa.

ROBINHO

No gol de abertura do placar, infiltrou bem e teve a sacada para dar um tapa para Pedro. Depois, sumiu, o que é seu padrão.

MATHEUS ALESSANDRO

Entrou para colocar fogo no jogo, fez duas gracinhas e mais nada.

PEDRO

Acompanhou bem a arrancada de Robinho e se antecipar à zaga. Tocou com categoria na saída Jefferson. Depois, saiu algumas vezes da área para fazer o pivô. Na área, não pegou na bola.

PABLO DYEGO

Nem pegou na bola.

ABEL

Sem poder contar com Renato Chaves, Marcos Junior e Richard, o técnico tricolor escalou o convencional: Reginaldo, Robinho e Douglas. Depois dos 2 a 0 o Fluminense parou de jogar. Tomou um gol por uma falha individual.

ARBITRAGEM

Sem problemas. O jogo foi muito tranquilo.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

#JuntosPeloFlu

Imagem: jam

Comentário