Fluminense 2 x 0 Botafogo-PB: atuações (por Mauro Jácome)

O Fluminense começou bem o jogo. Marcação avançada, alternando os lados do campo e Nenê chamando a responsabilidade. Criou algumas oportunidades com Wellington Silva e Gilberto. No entanto, sem o gol, as linhas se desorganizaram e os passes errados mataram os ataques tricolores. As dificuldades aumentaram quando Nenê levou uma pancada no tornozelo e não conseguia se movimentar. A marcação do Botafogo passou a levar vantagem e, inclusive, o alvinegro encontrou espaços para chegar perto do gol de Muriel.

A volta do intervalo foi diferente. O Fluminense trabalhou com rapidez, a movimentação melhorou e Gilberto se soltou. Aos 6’, o lateral foi ao fundo e cruzou para o meio. Marcos Paulo bateu fraco, mas bem colocado. A bola entrou no canto direito de Samuel. O Fluminense continuou com muita intensidade. Gilberto ganhava todas pela direita. Aos 24’, Nenê cobrou escanteio e Gilberto foi agarrado. Pênalti. Nenê cobrou com categoria e definiu o placar. Ainda teve um gol de Evanilson absurdamente anulado. Ainda bem que esse gol não fez falta. O Fluminense relaxou e o Botafogo chegou com perigo nos minutos finais.

MURIEL

Foi bem quando exigido.

GILBERTO

O nome do jogo pelo segundo tempo que fez. Além da assistência, sofreu pênalti e criou outras oportunidades.

DIGÃO

Não teve problemas. As vezes que o Botafogo chegou foi por liberdade dada pelo meio-campo e laterais.

NINO

Seguiu o companheiro de zaga.

EGÍDIO

Não fez boa partida. Ainda mais que o jogo se concentrou em Gilberto no segundo tempo.

HUDSON

Dá mais qualidade na transição, no entanto, jogou muito recuado no primeiro tempo.

YAGO

Altos e baixos. Ainda está à procura de um setor em que renda o máximo.

NENÊ

Fazia boa partida no primeiro tempo, conduzindo os ataques, mas levou uma pancada e caiu de rendimento. Na etapa complementar, recuperou o bom futebol.

PH GANSO

Entrou bem e construiu boas jogadas para o terceiro gol.

MARCOS PAULO

Não fez um bom primeiro tempo, mas melhorou quando o time foi intenso porque movimentou-se mais do meio para o lado e vice-versa.

WELLINGTON SILVA

Teve duas oportunidades no primeiro tempo, mas desperdiçou alguns contra-ataques.

FERNANDO PACHECO

Foi bem até a hora de definir a jogada. Nesse momento, cruzou mal e desperdiçou bons ataques.

EVANÍLSON

Atacante de boa finalização, mas tem dificuldades para jogar fora da área. Marcou um gol se oportunismo pessimamente anulado.

ODAIR HELLMANN

Mudou mais uma vez o meio-campo. Dessa vez, com o objetivo de soltar o time ante um adversário bem inferior. No primeiro tempo começou bem, mas a impaciência bateu e o time se desorganizou. No intervalo, chamou a atenção da moçada, a atitude mudou e o Fluminense jogou para liquidar o jogo o mais rápido possível. A entrada de Fernando Pacheco foi boa, apesar dos erros nas definições do peruano. Ainda está testando formações para o meio-campo. Hoje, o setor mostrou evolução.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

#credibilidade

3 Comments

  1. Boa visão do jogo. O Fluminense era pra ter decidido ainda no primeiro, mas conforme bem colocado por ti o Nenê depois da pancada, no restante do tempo não foi o mesmo. Torcida também pegou no pé do Wellington Silva.

  2. Sempre lúcido nas análises.
    W. Silva, de fato, tem velocidade e se movimenta, mas perde muita oportunidade.

  3. Boa noite tricolor. Achei um bom jogo do Egídio. No mais concordo com sua análise. S tc

Comments are closed.