Fluminense 1 x 2 Avaí: atuações (por Mauro Jácome)

 

O Fluminense entrou em campo disposto a vencer a partida com boa vantagem para o jogo da volta. Marcou seu gol logo aos 10′, por intermédio de Ibañez, criou outras boas oportunidades, principalmente pelo alto. No entanto, foi murchando, murchando, e permitiu com que o Avaí ganhasse espaços e colocasse o gol de Júlio César em perigo. Aos 42′, Gum rebateu errado um cruzamento, a bola foi de um lado para o outro e André Moritz, ex-Fluminense, empurrou para as redes.

O segundo tempo foi diferente: os espaços diminuíram, aumentou a cera de Aranha & Cia e o Fluminense se viu sem forças para empurrar o Avaí para trás. As transições eram lentas e os passes caíram de qualidade. Aos 30′, Marlon Freitas cometeu um erro terrível ao tentar sair jogando, Rômulo aproveitou e virou o placar. Se a coisa estava ruim, daí em diante virou drama. O Fluminense foi para cima, no desespero, mas esbarrou em Aranha, que garantiu a vitória do time catarinense. No fim, quase tomou o terceiro.

JC

Não teve culpa nos gols.

GILBERTO

Não reeditou as partidas anteriores. Ficou enrolado na marcação, errou passes e cruzamentos. Voltou a ser o Gilberto?

RENATO CHAVES

Teve dificuldades quando o Fluminense perdeu o controle do jogo. Quando saiu para combater na intermediaria levou a pior.

GUM

Falhou no primeiro gol do Avaí. Depois se enrolou no combate direto e perdeu algumas bolas aéreas. No fim, evitou o terceiro gol.

IBAÑEZ

Enquanto esteve em campo não comprometeu, mesmo com a zaga mais exposta. Apesar da derrota, marcou um gol importante para a carreira.

ROBINHO

Entrou para aumentar a velocidade pelos lados do campo, no entanto, não teve presença para criar boas oportunidades. Mais uma vez não correspondeu.

MARLON

Bem no início do jogo. Depois, caiu de produção, deu espaços e foi ineficiente no apoio.

RICHARD

Devido à marcação ruim, fez muitas faltas no primeiro tempo. Foi envolvido.

MATHEUS ALESSANDRO

Foi à campo para colocar fogo no jogo, mas o time catarinense soube se fechar.

JADSON

Muitos passes laterais. A boa marcação do Avaí na intermediária não permitiu ao meia distribuir boas bolas ofensivas.

SORNOZA

Outro jogador com baixo rendimento. Não fluiu, então, o ataque foi pouco acionado. Muitos passes curtos e para os lados.

MARLON FREITAS

Errou na saída de bola e deu um gol de graça ao Avaí. Praticamente, matou uma possível reação.

MARCOS JUNIOR

Começou muito bem. Deslocou-se e criou oportunidades. Depois, ficou preso à marcação.

PEDRO

Quase não apareceu no jogo. Tem habilidade, mas não se impõe na área.

ABEL

Escalou o que tinha de melhor. O time rendeu bem na primeira metade da etapa inicial, mas depois não conseguiu desencaixar a marcação do Avaí e teve os mesmos problemas de jogos anteriores: pouca criatividade, muitos passes errados e excesso de bolas alçadas na área. As alterações não surtiram efeito.

AVAÍ

Começou mal, mas soube congestionar o meio-campo e desarticular o adversário.

ARBITRAGEM

Normal.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

#JuntosPeloFlu

Imagem: jam

2 Comments

  1. O jogo estava enrolado, mas o Abel tirou um zagueiro e colocou um atacante e logo depois tirou o único armador para melhorar a marcação e errou na substituição. O marcador saiu jogando errado e pimba. Quem perdeu o jogo foi o técnico. Grande abraço.

Comentário