Fluminense 1 x 1 Atlético-PR (por Paulo Rocha)

O Fluminense perdeu a chance de dormir na liderança do Campeonato Brasileiro ao empatar em 1 a 1 com o Atlético-PR, nesta terça=feira, no Maracanã. Pablo marcou para os visitantes e Reginaldo empatou ainda no primeiro tempo. Com o resultado, o time de Abel Braga chegou a dez pontos ganhos e assumiu provisoriamente a terceira posição da tabela.

A primeira boa chance da partida foi tricolor, mas Richarlison furou após cruzamento de Renato. Contudo, aos sete minutos, quem saiu na frente foi o Atlético: Richarlison não acompanhou a descida de Jonathan ao ataque; o lateral – que defendeu o Flu no ano passado – cruzou rasteiro para Pablo, que escorou de chapa e abriu o placar.

Em desvantagem, a equipe tricolor, sempre apoiada pela torcida, partiu em busca do empate. Algumas boas chances foram criadas e desperdiçadas. Até que, aos 32 minutos, Scarpa cruzou da esquerda e o zagueiro Reginaldo, de cabeça, empatou a partida.

Após o intervalo, o Fluminense voltou mais arrumado em campo. Logo no início, Henrique Dourado perdeu boa chance ao cabecear para fora. O time paranaense também teve um bom momento: Douglas Coutinho, que substituíra Eduardo da Silva, chutou com perigo, rente à trave.
O tempo passava e a igualdade persistia. Abel, então, lançou o jovem atacante Matheus Alessandro na vaga de Lucas – Renato passou, com isso, a ocupar a lateral direita, com Scarpa recuando para a armação.

Um momento de preocupação ocorreu quando Renato, ao tentar uma bicicleta, atingiu em cheio o rosto do zagueiro atleticano Wanderson, que precisou sair de campo de ambulância – foi levado para um hospital. Como Eduardo Bapista já tinha feito três mudanças, o time do Paraná ficou com dez jogadores.

Quando o volante Luiz Fernando sentiu uma lesão, Abel voltou a ser ousado, colocando Marcos Júnior em seu lugar – afinal, o Fluminense tinha um homem a mais. Depois, sacou Richarlison e lançou Pedro.

Em razão da paralisação para o atendimento de Wanderson, o árbitro deu dez minutos de acréscimo. O Fluminense pressionou de todas as formas mas, num contragolpe, Nikão quase deu a vitória ao Atlético. E o jogo terminou sem que a vitória que a torcida tricolor queria, viesse. Sábado, o Tricolor volta a campo contra o Palmeiras, em São Paulo.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

imagem: paro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres