Eu me joguei… Graças a Deus, o juiz deu! (por Marcus Vinicius Caldeira)

“Ele tocou na minha perna… Eu me joguei… Graças a deus o juiz deu… E a gente conseguiu virar o jogo”.

Essas foram as palavras do jogador Aylon ao SporTV, logo após a partida de ontem contra o Fluminense. Confessa o que todos viram. Ele simulou o pênalti e o horroroso juiz de ontem caiu.

Em meio a uma semana santa – em que temos empresários bandidos caguetando políticos bandidos, numa semana santa em que o Presidente da República, nove de seus ministros, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, dezenas de parlamentares e centenas de outros políticos foram caguetados pelos empresários bandidos – um jogador sem nenhuma desfaçatez simula um pênalti e ainda vai para as câmeras “confessar o crime” sem o menor pudor. Como se fosse bacana. O pior é que, se bobear, tem gente que deve acha-lo bacana mesmo. O malandro. O esperto.

Nenhuma sociedade pode funcionar assim, com cada um querendo passar a perna no outro.

É o famoso “futebol imita a vida”.

É para pegar essas imagens e enviar ao STJD para enquadrá-lo. Existem artigos na lei para isso. A pena prevista é de seis a doze jogos e a multa pode ir até cem mil reais. Foi o que foi pedido para Valdivia no ano passado por um lance parecido. No caso, se transformou em multa. Porém, há de se ir a frente com isso. E mais: clubes tem de forçar a pena. Isso tem que acabar.

Sobre o jogo, o juiz, fraco, ruim, inepto para a função, o destrambelhou completamente.

O Fluminense começou muito bem. Os vinte minutos iniciais foram muito bons, tanto que abrimos o placar e podíamos ter feito outro. Depois dos vinte, o Goiás reequilibrou. Com a expulsão do Cavalieri (está lento demais, infelizmente na descendente) no final do primeiro tempo, ficou ruim para o Fluminense,

O time veio para o segundo tempo com duas linha de quatro e Pedro (entrara no lugar de Henrique Dourado por contusão) isolado. Aliás, Abel tem de dar um esporro federal no garoto. O time todo ligado, combatendo e ele querendo fazer firula. Há grande risco de se perder se continuar dessa forma.

Foi um ataque contra defesa no segundo tempo. Só o Goiás atacava. Estava dando certo, até que depois dos 30 o jogador esmeraldino acertou um balaço de fora da área e empatou. Depois veio a safadeza do jogador e a péssima arbitragem com o lance que decretou a vitória dos caras.

Tem nada perdido. Vitória simples nos classifica.

Temos ir com a faca nos dentes. Torcida tem de lotar o Maracanã. Menos de quarenta mil é mostra de fraqueza de nossa torcida. Vamos reverter.

E o cara ainda falou em Deus.

Bizarro!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvcaldeira

Imagem: MVC

6 Comments

  1. Sabe o que é pior? Essa diretoria não vai fazer absolutamente nada a respeito, assim como todas as outras nos últimos 30 anos. Podem me cobrar…

  2. O ladrão não é ruim. Ele é safado e comprado. Já entrou predeterminado a roubar o Flu e ajudar o adversário. Com três minutos já havia começado a lutaria ao não expulsar o marginal do Goiás q quase quebrou o joelho do Wendel. Outro marginal levantou M. Junho e foi amarelado. Outro marginal levantou o Wellington e nem foi advertido. As atitudes deles não correspondem ao q um jogador faz em campo. Foram atitudes de marginais. Me desculpem a avidez na Sexta santa. Nas eu estou de saco cheio das…

  3. Erros ortográficos: putaria em vez de lutaria, acidez em vez de avidez. Estou de saco cheio das putarias q fazem contra o Flu. Tem q contratar um bandido para lidar com os bandidos da Fferj e Cbf. essa corja q comanda o futebol fica puta com o Flu, q vence campeonatos mesmo sendo roubado pelos ladrões do apito e sem ajuda do governo.

  4. O Cara tem ligação direta com Deus. “Peças e vous darei”!
    Uma certa torcida do Flu, so pede a benção, para um certo Joao …de Deus.
    E tudo uma questão de hierarquia!
    Fora isto estou contigo.
    Fora todos eles. Prisão para corruptos e corruptores.
    Suspensão e multa para quem simula.
    Jogador que causa lesão por entrada violenta e causa afastamento de jogador deve receber suspensão dobrada em dias, do período de recuperação do jogador lesionado.
    Também acho: temos muito time!
    Saudações…

  5. O que tem me irritado é a passividade do Abel e diretoria com estas roubalheiras.

    Contra o Fla o juiz é o bandeirinha foram suspensos, mas contra nós nada.

    Conta o Bota por exemplo a alegação que não mudou o resultado. Como não? Estava um a zero e não marcam um pênalti e tem um gol ilegal no maior impedimento múltiplo não marcado.

    A mensagem para todos os juízes é que na dúvida marquem contra o Flu que não tem problema.

    Tá faltando indignação e iniciativa a estes dirigentes.

  6. A conclusão que chego é que o Abad por ser funcionário público não pode se expor muito.

    Está faltando um diretor de futebol com personalidade e liderança para chutar o balde; já que o Abel quer dar uma de bonzinho e o Torres nem fala.

Comentário