Era possível. Continua sendo. (por Paulo-Roberto Andel)

 

No melhor e mais emocionante jogo do campeonato brasileiro, o Atlético Mineiro cumpriu uma jornada espetacular e venceu o Fluminense com o estilo tricolor: três a dois, gol no final.

Não é hora para discutir o que poderia ter sido feito ou não. Fica para amanhã, com a cabeça mais fria. É claro que a pressão seria grande – como foi -, as traves de São Castilho nos salvaram e estivemos perto de vencer o jogo ou, ao menos, trazer um ponto precioso.

Atacaram o tempo todo, foram valentes, lutaram contra o nervosismo e mesmo o resultado desfavorável depois do gol de Nem, na bela jogada de Fred. Venceram merecidamente. Quem mais fez três gols no Fluminense neste campeonato? Foram melhores num jogo. Ponto. Somos os melhores do campeonato. Lutamos de pé, contra nossas próprias dificuldades. A defesa tentou tudo. Cavalieri foi um monstro. Fred também.

O líder não foi bem como de outras vezes. Atacamos pouco.

Mas continua líder. Muito líder.

Quando os torcedores atleticanos gritaram “é campeão!” ao fim do jogo de hoje, desconheceram uma nuance impecável da história.

Em 1995, os rubro-negros comemoravam o pré-campeonato a oito rodadas do fim. Tinham oito pontos de vantagem. Chegaram ao último jogo com a vantagem, e mantiveram-na até quatro minutos do fim do campeonato quando Renato fez o maior gol de todos os tempos.

Em 2010, foram os corinthianos que comemoraram pré-título com três pontos a mais. Um belo dia, empataram com o Vitória, tomamos a dianteira e nunca mais a largamos. Fomos os grande campeões. Antes disso, os mesmos corinthianos nos venceram no Engenhão, mas não foi o suficiente e choraram um centenário.

Hoje, o Independência saudou um pré-campeão tendo o Fluminense seis pontos à frente.

Nada pode ser mais doloroso do que desconhecer a história. E a tabuada.

Era possível ser campeão antecipadamente. E continua sendo.

Não se faz toda a história num jogo que não é o derradeiro, o final.

Estamos a seis passos do céu. E seis pontos à frente.

O Engenhão não perde por esperar nossos maníacos a plenos pulmões.

Quem viu o que aconteceu em 2009 tem obrigação de acreditar em tudo – inclusive na conquista do título tricolor em 2012.

O líder absoluto e maduro continua sendo o Fluminense.

Nenhum espaço para as carpideiras rancorosas.

Paulo-Roberto Andel

Panorama Tricolor/ FluNews

@PanoramaTri

Contato: Vitor Franklin

6 Comments

  1. Andel, o resultado foi mesmo justo! Mas o Fluminense tinha que ter jogado com mais vontade, os jogadores do Atletico corriam o dobro em campo, passavam como foguetes pela marcação e cruzavam na maior tranquilidade.

    Diguinho fez tudo que pode e não tem culpa de nada, ficou muito tempo sem jogar como titular e seu rítimo é outro, mas para Carlinhos e Bruno não tem desculpa, não jogaram nada!

    O Fluminense provou que quando quer faz gol com facilidade, o time deveria saber disso e jogar pra frente, mas prefere contar com as defesas do Cavalieri e com a sorte que falhou no último ninuto.

    Ainda temos jogos contra São Paulo, Palmeiras, Sport e Vasco, times que vão jogar tudo que podem para chegar a libertadores e fugir do rebaixamento, o Fluminense não pode mais ficar só se defendendo, tem que se impor!

    S.T

  2. Dois jogos de sabor amargo,mas claro que o fluzão vai ser campeão.O engraçado é que eles pensam que a vantagem de 6 pontos são deles ahahah

  3. Apesar de o Galo ter jogado melhor e ter merecido a vitória, o Flu mostrou que é perigosíssimo e que também merece a liderança. Não fosse a bobeira no final estaríamos com a faixa no peito.
    Infelizmente faltou alguém para segurar a bola. A bobeira foi grande, muito grande, mas a taca está chegando.

  4. O juiz deixou de marcar várias faltas em favor do Fluminense ontem depois de todo esse alarde que se fez nos últimos dias.

  5. Bem,este jogo já é historia.Agora é olharmos adiante porque ainda somos e continuamos lider com 6 pontos a frente,e só dependemos de nós.Por isso,temos que mais uma vez fazer a nossa parte como torcida,indo aos jogos e jogando junto com o time que a conquista se aproxima e com certeza soltaremos o grito de:é campeão.
    Abraço e Saudações Tricolores!

Comments are closed.