É só o começo? (por Ernesto Xavier)

received_1001651403230197

Um ano sem Maracanã. Um ano sem casa, sem campo, andarilho. O amor que eu queria devotar aos montes acaba sendo deixado guardado no armário. Sou torcedor de arquibancada. Ver jogo pela televisão me adoece. Quero sentir o time jogando comigo. Quero influenciar diretamente na vibração da equipe. Mas sete anos não foram suficientes para que o Fluminense se planejasse para esse período pré-olímpico.

Em um começo onde os números parecem enganar, temos quatro pontos e muitas perguntas a serem respondidas. Que time é esse? É suficiente para o campeonato brasileiro? Nos dará algum resultado no final do ano? Apesar de termos jogado contra dois campeões estaduais, sabemos que estas são equipes que vão brigar na parte de baixo da tabela ao longo do ano. Por isso é obrigação pontuar.

Neste sábado tivemos um pênalti bizonhamente marcado. Erro feio. Erro fatal. Da mesma forma tivemos um gol mal anotado para nós. Ficou igual. Assim como o placar.

O Fluminense não jogou para vencer. Foi covarde, errou passes bobos e persiste em um Henrique ruim das pernas e um Pierre que não acertar qualquer passe de dois metros. Como tirar Edson, que foi um dos melhores contra o América? Como deixar Marlon no banco? São perguntas que apenas Levir poderá responder. Como está a relação de Fred com ele? Ainda há influência direta do imbróglio no vestiário? Está tudo certo?

Temos um time lento, que prioriza a posse de bola, mas que cria pouco.
Somos dependentes do esforçado eficiente Scarpa, que dá o sangue em campo. Bom batedor de faltas. Mas não é um organizador nato. Este deveria ser Gerson, que só fica até o meio do ano e sempre parece estar com sono.

Falta alma a esse time. Falta brio. Dá sono e raiva ver os jogos. Parecem desinteressados com o resultado.

Não está perdido. Esse grupo pode dar frutos. Temos a capacidade de surpreender. Porém não podemos achar que o raio sempre cairá sobre Laranjeiras.

É só o começo de um trabalho promissor ou estamos diante da mesma história dos últimos anos? Ao menos temos um técnico de verdade à beira do campo. Isso me dá a esperança de algo possa acontecer. Vai depender do vestiário.

Infelizmente estamos nas mãos de interesses alheios. Nós, torcedores, pensamos no Fluminense. Eles pensam apenas em si. Vida que segue.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @nestoxavier

Imagem: nexa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres