É clássico! (por Gilmar Prado)

Flu x Vasco

Não adianta ficarem de historinha e oba-oba. Nada de palhaçada. É clássico.

Tem que jogar sério, respeitar e ganhar. Quem vence antes de jogar é mulambo, o Fluminense é outra coisa. Deixa esse papo pro time do novo Zico e do novo Messi, que hoje brilham nas manchetes. No clássico, muitas vezes o time mais fraco ou em má fase é que acaba vencendo. Temos que ter atenção. 

Todo mundo sabe que não tinha Barcelona da Colina coisa nenhuma – ou alguém levou a sério os humoristas que se apresentam como jornalistas oficiais? O Vasco montou um time humilde, um ou outro bom jogador dentro do que podia. E vem de duas derrotas. É claro que vai dar o sangue neste sábado de Carnaval.

O Fluzão é melhor que o Vasco. Bem melhor. Mas ser bem melhor fora das quatro linhas não adianta nada, precisa mostrar em campo. Claro que temos motivos para confiar: depois do tropeço contra o Friburguense (onde reagimos bem), uma vitória fácil sobre o Quissamã. Ah, é um time fraco? Pois é, mas se não fizermos a nossa parte, o time fraco não é derrotado. Outra coisa: já ganhamos partidas importantes deles no passado com gols e jogadas de Zezé Gomes, Amauri, Paulo Lino, “Agnaldo O Agnight” e outras figuraças, de modo que é preciso respeito. E quem respeita o adversário (não confunda com medo porque não tem medo algum) consegue uma vitória sensacional, como essa aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=OfPkQWsdwRs

Independentemente de qualquer coisa, precisamos vencer para não ficarmos de bobeira em termos de classificação. Aliás, o Fluminense tem que ganhar todos os jogos. É claro que isso é impossível, só os faixinhas acreditam, mas a gente torce do mesmo jeito. Vencer o Vasco vai dar um gás forte para a estreia na Libertadores quarta-feira que vem.

Pelo visto, Fred e Jean voltam numa boa da seleção e estarão firmes em campo.

Ó-Ó de Oliveira

Todo mundo faz isso de bravatas em vestiário, por mais idiota que possa ser. Luxemburgo e Felipão são bem piores. Alguém aqui pensa que o Abel, com 3 metros de altura e 150 kg, recita poemas para os jogadores antes e depois dos jogos? Perguntem pro Carlinhos o que ele acha disso… agora, um tremendo vacilo divulgarem o material de propósito. Era uma conversa interna e, para os animais, virou um prato cheio pra dar porrada, brigar, matar etc.

Ó-Ó de Oliveira fez estilo macho man no vídeo porque é o jeito dele sobreviver no futebol. O cara é esquisitão, tem que botar banca, fazer pose.

Uma gozação cai bem: o Botafogo “perdeu o controle” sobre o vídeo porque era uma “boa” maneira de aparecer na mídia, já que o time e os últimos 40 anos não ajudam muito em termos de marketing. Bolívar contra Fred, Deco, Felipe, Wellington Nem? Piada! Deles, o único jogador que tem condição de ser titular no Flu é o Seedorf, mais nada.

Não vou falar de títulos, porque quem ainda não chegou a 20 estaduais não é mencionado nesta coluna. Os títulos do Flu têm cores nas fotos, não ficam no eterno preto-e-branco do tempo do bonde. Valeu.

Fred

Entrou em campo ontem pela confusa seleção brasileira e mostrou porque é o melhor finalizador do futebol brasileiro.

Com Fred, mais Deco, Felipe, Wellington Nem, Sóbis, Wagner, Jean, Valencia, Cavalieri e a turma, tem nego que ainda acha o Fluminense fraco…

Gilmar Prado

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Contato: Vitor Franklin

3 Comments

Comentário