Dryworld: mudar pode ser bom (por Thiago Muniz)

dryworld fluminense

Meu caro (a) amigo (a) tricolor,

No mundo esportivo atual, mudar de ares nem sempre é ruim. Pelo contrário.

O cenário econômico atual não permite luxos, muito menos orgulhos; há muita dinâmica envolvida nesse negócio, ainda mais quando falamos de marketing esportivo.

Quando o Fluminense anunciou a parceria com a Dry World, eu tive o primeiro pensamento de muitos: “Vai trocar o certo pelo duvidoso? ”.

Trocar uma marca sólida no mercado como a adidas para uma marca em crescimento como a Dry World é uma aposta que pode ser sucesso.

A mudança pode ser positiva, pois a fornecedora de materiais esportivos concentra seus esforços e estratégias de mercado em função de suas marcas principais numa determinada praça como o Brasil.

A Dry World tem expertise do mercado norte-americano, muito parecido com os moldes da Under Armour. É uma empresa menor que uma Nike por exemplo; mas com muito potencial e prática de mercado, a cota anual três vezes maior negociada com o Flu compensa o risco de trocar uma marca estabelecida por uma novata.

Em ano de crise na economia nacional, é mais importante aumentar a receita do que faturar menos em virtude de estar num portfólio grande, onde não necessariamente há o destaque merecido.

A Dryworld terá de enfrentar o desafio de estabelecer a marca em um novo país. Especialmente na questão de logística, expandir os produtos de uma forma ampla, principalmente em disseminar a marca Fluminense.

Realmente vi muita discrepância entre a adidas com o Fluminense comparando-se ao Flamengo. Quando o rival lançava uma nova camisa, imediatamente a mesma era disponibilizada nas lojas – já com o Fluminense, era o oposto.

Bastou assistirmos a vergonha que foi a troca da marca de planos de saúde pela marca do guaraná, na qual o Fluminense teve de jogar com a logomarca nova com uma tarja por cima da anterior. Um remendo.

Enfim, vamos ver se a Dry World consegue dar o destaque que o Fluminense merece. Boa sorte ao Fluminense e à Dry World.

Que a parceria seja duradoura.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: ffc/pra

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres