Destino: Maracanã (por Marcus Vinicius Caldeira)

 

INFORMÁTICA PARA PEQUENOS E MÉDIOS AMBIENTES

Quarta e sábado nossos caminhos já foram traçados.

Nossas rotas já foram definidas. Todos elas nos levam ao Maracanã que será palco de dois jogos decisivos para o nosso tricolor. Quarta, às nove e quarenta e cinco jogaremos contra o Goiás pela Copa do Brasil e sábado, às dezenove horas, enfrentaremos o Vasco pela semifinal do Campeonato Carioca.

Quarta, teremos que reverter um resultado negativo construído com ajuda do arbitro paulista, que caiu na pilantragem do jogador do Goiás (réu confesso).

Jogaremos desfalcados de Cavalieri, Renato Chaves e Henrique Dourado. Ultimamente nem tenho achado Cavalieri tão desfalque assim. Renato Chaves, sim, para mim, fará falta. Pedro, se entrar com seriedade, não nos fará sentir falta do nove titular. Ainda tem a possibilidade de entrar Marco Jr, que embora seja claramente jogador de segundo tempo, entrou bem na partida de ida.

E espero, muito, a volta de Richarlison.

O time do Goiás não é bom. Temos todas as condições de revertemos o resultado aqui. O principal é o torcedor tricolor comprar o barulho e lotar o Maracanã. O time está bem, jogando com alma. Sornoza convocou, Abel convocou. Não há motivo para não colocarmos entre 30.000 e 40.000 neste jogo (e ainda acho pouco).

Para sábado, mais uma vez a diretoria teve que entrar no TJD para conseguir uma liminar que garanta o Maracanã. Absurdo isso. Mas conseguiu. Eurico e FERJ fogem do Maracanã em jogo Vasco x Fluminense igual o diabo foge da cruz. Tudo por conta da palhaçada do lado direito do estádio que o Vasco reivindica para ele, não sei a troco de que, já que o estádio não é dele.

Mas o jogo será no Maracanã.

Vamos em frente.

Quarta é guerra.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvinicaldeira

Imagem: cvm

CENAS DO CENTRO DO RIO – CLIQUE AQUI

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres