Desafios (por Juliana Rolhano)

medo

Há quase dois anos eu, que sempre tive uma paixão pela letra, escrevia meu primeiro texto futebolístico. Tensão, medo, insegurança. Era um desafio enorme. Primeiro por ser um assunto já tão difundido, comentado, aguardado, discutido, acalorado, fomentado. Como poderia dar alguma contribuição sem parecer repetitiva? E segundo, sou mulher. Admitindo ou não, concordando ou não, o preconceito existe.

Mergulhei de cabeça. E o que tinha muito pra dar errado, deu supercerto.

Foi lindo.

Dados históricos foram lembrados. Eu fui aprendendo e informando. Mas o que me deixou mais impressionada foi descobrir coisas maravilhosas sobre o que poderia ser apenas um time de futebol. Descobri paixão, amor e devoção. Foi-me revelado um carinho gigante. Foi incrível ver que existe muito mais por trás de um simples jogo de futebol.

E mais que isso. Apaixonei-me pela linda história do Fluminense. De lá pra cá foram muitas experiências vividas com a trajetória do time.

E esta é a graça dos desafios. Realizar coisas impensáveis e no fim ter uma linda recompensa.

Ultrapassar nossos limites nos motiva e nos faz crescer.

O desafio revela o quão longe podemos ir.

Talvez, se não tivesse aceitado e encarado, não vivenciaria tantas alegrias e superação de limites.

E é nesta mesma motivação, que o Fluminense precisa seguir. Sempre buscando desafios e superação de seus limites. Acreditando constantemente que é possível crescer e melhorar. Vivendo incessantemente a alegria de ir cada vez mais longe.

Lembrei-me do desafio por que amanhã é dia de Fla x Flu. Como escrevi em meu primeiro texto, o clássico mais charmoso do futebol carioca. E clássico é sempre um desafio.

Vamos, Guerreiros! Encarar os desafios é a chave.

Ao amigo, agradeço pelo desafio de dois anos atrás.

Ao Fluminense, agradeço por, mesmo que de forma simbólica, poder fazer parte de sua história.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

“Pagar o quê?” em Rio das Ostras, 07 de junho.

1 Comments

  1. Juliana, leio sempre suas crônicas, vc não se difere de nós homens, sensata e inteligente, de uma amor sem igual pelo nosso Tricolor. Continue assim! Parabéns!

    Saudações Tricolores!!!!!!

Comentário