Contratação de Marketing (por Aloísio Senra)

IMG_20150801_184806

Tricolores de sangue grená, imaginem que eu, humilde colunista, tivesse sido, em algum momento no passado, um Nelson Rodrigues das letras, e que, devido à minha fama, o Panorama Tricolor tivesse me contratado, porque atualmente, dizem as más línguas, eu já não “dou no couro”.

Mas que baita contratação de marketing, hein? Minha presença aqui vai promover o Panorama a níveis jamais antes alcançados, a marca será famosa internacionalmente, mas eu só terei servido para isso. O talento que um dia eu tive, não o tenho mais, provavelmente o perdi pelo caminho.

E quem diz isso? Ah, um comentarista do mundo das letras, que por ter sido aprendiz de poeta, sem jamais ter “estourado” na verdade ou fazer a fama que gostaria, hoje se resigna a comentar sobre outros que enveredaram por caminho similar ao dele, mas que, ao contrário dele, ainda estão em plena atividade.

Mas aí eu escrevo, em minha primeira coluna, um baita texto. Os prognósticos diziam que eu não teria fôlego nem pra 45 linhas, mas eu escrevo 90 e poucas, e termino o texto com uma leveza exemplar, ajudando, de quebra, o Panorama a conseguir uma vitória no mundo virtual.

Minha coluna não fora a principal responsável para a vitória, mas foi ela que impulsionou outros leitores a perscrutar os caminhos digitais e a ler as melhores colunas, até que a melhor tenha sido escolhida como responsável direta pela vitória.

E com que cara de bunda o comentarista ficará, ao participar do programa de debates dominical, ao perceber as asneiras que ele proferiu? Confesso que estou louco para ouvir o que ele agora tem a dizer.

Acredito que não preciso ser mais direto que isso para que entendam a referência.

É um absurdo sermos obrigados a tolerar comentaristas que só malham a instituição Fluminense, e que não entendem porríssima nenhuma de futebol. Não há uma alma sequer isenta. É quase impossível encontrar algum que se salve nesse antro que se transformou o jornalismo esportivo.

Incomodamos demais. Somos muito gigantescos, mesmo.

Não se vê um décimo da perseguição midiática que o Fluminense sofre diariamente imputada a outro clube, e mesmo assim seguimos, firmes e fortes, porque, pegando emprestadas as palavras do verdadeiro Nelson Rodrigues, “o Fluminense tem a vocação para a eternidade”, e isso mata-os de raiva.

Ah, e só pra não esquecer, já que o comentarista “aprendiz de poeta” trabalha para um veículo de comunicação conhecido do povo aqui do Panorama, faço uma indagação:
“O Fluminense ganhou do Grêmio na estreia de Ronaldinho? O mesmo que era aguardado com caixa de som e tudo no Olímpico e que jurou que um dia voltaria ao time gaúcho?”

Mas que Peninha.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: pra

LIVRO LUCIO E RODO

9 Comments

  1. Caro Aloísio, é de muita indignação o que vou relatar colaborando com a sua linha de prensamento. No domingo passado, um dia após a nossa vitória, fui a escutar o programa esportivo da Radio Tupi – enquanto a bola não rola – (letras minusculas mesmo) A abordagem do nosso campeonato da terceira divisão e que fomos através de mágica parar na disputa da Copa João Havelange. Um tricolor que o tal do matemático, tentou argumentar com os fatos reais da época e virou motivo de chacota pelo ancora do

  2. programa Luiz Ribeiro.
    Não entendo jornalistas não se preocupam com os fatos reais e ficam atacando o Fluminense sempre com bravatas. No meu entendimento o nosso presidente deveria de dar uma entrevista coletiva e acabar com essa porra de uma vez por todas esclarecendo todos esses fatos.
    STT

  3. Já percebi isso e não e de hoje , sempre achei o Luís Ribeiro um cara sério e competente com um porém, ele é Vascaíno enquanto o fluminense estava no limbo ele sempre respeitou . Só que a partir do nomento que nosso clube comecou a ressurgir demonstrando força e gigantismo novamente eu percebi que ele começou a tratar o fluminense com demérito. Fica claro pra qualquer um o recalque dele com nosso clube e nossa história.Ele acha que nós não percebemos essa implicância mas não somos idiotas!

  4. Caro Zair, Luiz Ribeiro está gagá. Já não tem mais a menor noção do que fala. Seu tempo já foi. Pode aposentar.

    Saudações, Senra! Mais um presente do Panorama para a torcida tricolor!

    1. É meu caro Savioli, não é só o Luiz Ribeiro que está gagá não, isso é se é isso mesmo ou se é maldade com uma instituição como o nosso Fluminense. Eles tem que respeitar o nosso Fluminense.
      Saudações Tricolores.

  5. “Senracional”! As vezes penso que os cronistas tricolores incorporam o genial – e inigualável – Nelson Rodrigues, só pra desconcertar os nossos críticos.

  6. Respondendo a todos. É, caros, o Luis Ribeiro também me irrita profundamente. Sempre quero escutar a opinião de alguns dos jornalistas esportivos da Tupi durante o domingo, mas quase sempre desisto de ouvir o programa deles por conta desse senhor.

    Savioli, saudações, e obrigado pelos elogios. Não sei se mereço tanto.

    Vera, “senracional” foi a sua tirada! Obrigado pelo carinho.

    Obrigado a todos pelos comentários.

Comments are closed.