Contas (por Mauro Jácome)

 

probest

Não gosto de fazer contas. Não gosto de pensar além do jogo seguinte. No entanto, ante a situação em que se encontra o Fluminense e diante do que lhe resta em 2014, não resisti e fiz alguns exercícios. Relacionei os jogos que faltam a todos os concorrentes diretos às vagas para a Taça Libertadores de 2015. Claro, como a minha bola de cristal está estragada, fixei algumas “verdades”: o Atlético vai ser o campeão da Copa do Brasil; Bahia e Criciúma, quando enfrentarem um dos times em questão já estarão rebaixados; os times da zona morta estarão desinteressados nos jogos; São Paulo e Cruzeiro já estão com suas vagas garantidas.

São quatro times brigando por duas vagas: Internacional, Grêmio, Corinthians e Fluminense. Mesmo tendo um jogo a mais, a melhor perspectiva é a do Internacional: está em terceiro, tem dois jogos em casa (Atlético-MG e Palmeiras) e tem mais vitórias do que os demais. O Grêmio pega duas pedreiras de cara (Cruzeiro e Corinthians). O Corinthians joga contra dois concorrentes diretos (Grêmio e Fluminense). O Fluminense fará uma decisão contra o Corinthians e, tomara, enfrenta o Cruzeiro já campeão.

Para cada um dos postulantes, projetei a pontuação mínima e máxima até o final da 38º rodada. Como a situação do Fluminense, atualmente, é a pior de todas, cravei, nos quatro jogos restantes, no mínimo, três vitórias e um empate e, no máximo, claro, quatro vitórias. Eis o panorama:

Próximos confrontos:

FLUMINENSE (atualmente: 57 pontos / 16 vitórias)

Chapecoense (C) – desesperado
Sport (F) – desinteressado
Corinthians (C) – concorrente direto
Cruzeiro (F) – desinteressado

Internacional (60/18)

Atlético-MG (C) – ainda concorrente direto
Palmeiras (C) – se o Palmeiras não vencer o Sport, a situação ficará preocupante.
Figueirense (F) – provavelmente desinteressado

Grêmio (60/17)

Cruzeiro (C) – a caminho do título
Corinthians (F) – concorrente direto
Bahia (F) – rebaixado
Flamengo (C) – desinteressado

Corinthians (60/16)

Goiás (Belém) – desinteressado
Grêmio (C) – concorrente direto
Fluminense (F) – concorrente direto
Criciúma (C) – rebaixado

Ao final das 38 rodadas:

FLUMINENSE (atualmente: 57 pontos / 16 vitórias)
Mínimo: +10 pontos (final do campeonato: 67 pontos / 19 vitórias)
Máximo: +12 (69/20)

Internacional (60/18)
Mínimo: +6 (66/20)
Máximo: +9 (69/21)

Grêmio (60/17)
Mínimo: +6 (66/19)
Máximo: +7 (67/19)

Corinthians (60/16)
Mínimo: +7 (67/18)
Máximo: +9 (69/19)

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

Imagem: uol

rádio5

4 Comments

  1. a Globo quer o Corinthians na libertadores e vai sobrar só uma vaga. com Grêmio dentro, Inter jogará pela honra…

    …Tem que fazer mais que contas para o Flu

    cadê o advogado?

  2. voce errou no calculo , o inter com 3 vitorias vai a 69 com 20 vitorias , se ganharmos os 4 empatamos em pontos e vitorias e ganhamos em saldo de gols, passariamos inter e corintians e ficariamos com a vaga ou seja e vencer ou vencer ST

    1. Se o Inter ganhar as três fará 69 pontos e terá 21 vitórias. O Fluminense chegará, no máximo, a 20 vitórias.

Comments are closed.