Chico Buarque de Laranjeiras (por Paulo-Roberto Andel)

Publicado originalmente em 19/06/2016 neste PANORAMA

O TRICOLOR MALANDRO na praça outra vez, caminhando na ponta dos pés como quem pisa nos corações. Todo dia é sempre igual, meu guri, desde os tempos de um retrato em branco e preto.

Quando o Carnaval passar, lá estarão nossas cabeças rolando no Maracanã. Aplaudimos de pé as tabelas. Ah, o futebol.

As meninas mais belas vestidas com as três cores da paixão lancinante: Ana, Bárbara, Joana, Renata, Maria. Todas com suas pétulas e flâmulas, fábulas e tatuagens. Hum, e aquela morena de Angola vai bem demais. Discretos somos com eventuais peitinhos de pitomba.

A vitória? Ela é dançarina, bailarina predileta e desejada à flor da pele – não existe pecado ao sul do Equador.

E se perder o jogo, meu caro amigo? Amanhã vai ser outro dia. Pode ser a gota d’água, então abrimos a cortina do passado, os anos dourados invadem nosso pensamento arrombando as retinas. Dar a volta por cima é a ópera do malandro.

A fidalguia da torcida atenta para um detalhe crucial: ninguém merece o papel de Geni.

O bebê de colo e a bandeira tricolor estendida no sofá não negam um roteiro promissor: futuros amantes.

Ah, Fluminense de outros sonhos, e outras palavras, navegante do inferno ao céu, quem te viu, quem te vê? Por ti voltei a cantar.

Fala, Maré. Fala, Madureira. Fala na língua do rap esse crucial momento, um sentimento grená de tão encarnado – de quem amou daquela vez como se fosse a última. A nossa torcida, ela faz cinema.

Refletores, luzes vivas, pó de arroz à superfície, sete fitas coloridas, imagina a gente se perder, hoje à noite a lua se apagar para delírio das gerais, no coliseu tricolor. Não olhar para trás e nem jamais dizer adeus.

Apesar daqueles, amanhã há de ser outro dia, pois o sol nascerá e não há palpite infeliz que perdure.

Evoé, jovens à vista.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @pauloandel

Imagem: repi/flu

3 Comments

  1. Nasce o poeta Andel , lindo demais.Nosso tricolor Chico Buarque merece a homenagem.

    ST!

  2. Um texto escrito há três anos mas que será eterno na memória Tricolor das Laranjeiras. E Chico? Ah, esse é a cara do nosso Tricolor! Parabéns pelo texto e Parabéns ao Chico Buarque de Holanda!

Comments are closed.