Atlético-PR 3 x 1 Fluminense: atuações (por Mauro Jácome)

 
O Atlético iniciou mais presente no campo de ataque. O Fluminense tentava os contra-ataques. Aos 16’, teve ótima chance para abrir o placar, mas Kayke furou na cara do gol. No ataque seguinte, o Atlético marcou depois de falha geral da defesa: Richard e Dodi deram espaço na intermediária, Digão não acompanhou a trajetória da bola e Gum deu de bandeja para Rafael Veiga fuzilar Júlio César. Aos 30’, Everaldo roubou a bola de Santos, mas Luciano chutou em cima do goleiro. Everaldo reclamou que foi derrubado, mas não houve pênalti. Kayke arrancou e chutou em cima de Santos, aos 36’. Dodi cobrou uma falta lateral e quase marcou. No final do primeiro tempo, o árbitro marcou uma falta inexistente e o Atlético ampliou numa jogada ensaiada. A defesa ficou olhando Jonathan chegar à linha de fundo e Pablo correr pelo meio.

O Atlético voltou disposto a fechar a conta e perdeu dois gols logo de cara. O Fluminense não acertava três passes consecutivos. Mesmo com o time jogando muito mal, num chute de Everaldo, Luciano desviou e diminuiu. Detalhe: pela TV, Luciano estava avançado. Aos 25º, Léo Pereira escorou cruzamento e ampliou. O gol também foi irregular, pois a bola fez a curva por fora do campo. O Fluminense ainda tentou diminuir, mas era um bando em campo.

JÚLIO CÉSAR

Sem chances nos gols. Fez uma boa defesa no primeiro tempo.

LÉO

Não apareceu para o jogo.

GUM

Rebateu muito mal no gol de Rafael Veiga. Perdeu algumas disputas pelo alto.

DIGÃO

No primeiro gol, foi devagar no lançamento, pelo alto, para Nikão e não alcançou a bola. Também complicou pelo alto.

MARLON

Um bom passe para Kayke e só. Deu espaços e foi envolvido várias vezes na defesa.

RICHARD

Deixou o Atlético tocar a bola quando quis. Partida horrorosa.

DODI

Deu espaços à frente da área. Bateu bem uma falta e só.

MAROCS JUNIOR

Não acrescentou nada.

JADSON

Não foi visto em campo.

JUNIOR DUTRA

Mais uma partida inútil.

LUCIANO

Não foi visto que campo no primeiro tempo. Foi feliz no desvio que resultou em gol.

EVERALDO

Correu, brigou, criou algumas boas jogadas, mas faltou gente para acompanhar. Único que se salvou.

KAYKE

No primeiro tempo, num contra-ataque, pediu a bola para Marlon, o lateral lançou no lugar apontado, mas o atacante furou quase na pequena área. Em outro contra-ataque, chutou em cima do goleiro Santos. Muito ruim.

SORNOZA

Tentou organizar as jogadas de ataque. Melhorou o rendimento geral do time, mas nada que pudesse impedir a derrota.

MARCELO OLIVEIRA

Não tem um elenco qualificado nas mãos, mas também não contribui para tornar o time um pouco mais competitivo. É um bando em campo.

 

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

2 Comments

  1. Ridículo. O atual time do fluminense e fraco demais. Ainda insistem com aquela zaga central que erra muito e não impõe segurança. Esse jogo era para utilizar o 3x5x2 porque sabíamos que o atlético vinha com tudo depois de 3 derrotas. Uma pena. Toda as vezes que temos chance de somar pontos acontece isso aí.

  2. Ridículo, esse bando de pasêudos jogadores ganharem grana, voltem pra série B. Meu Flu não é esse!!!

Comments are closed.