América-MG 0 x 1 Fluminense (por Felipe Fleury)

felipe fleury red 2016

Começar o difícílimo campeonato brasileiro com vitória é importante. Se essa vitória é fora de casa, o resultado ainda assume maior relevância. Agora, se o adversário batido é o atual campeão mineiro, um time que o Fluminense jamais venceu em campeonatos brasileiros, um verdadeiro pedregulho no seu caminho, aí, meus amigos, é para comemorar.

Se nos melhores dias, o Tricolor encontrava no América MG enormes dificuldades, a vitória de hoje, quando a equipe ainda se acerta, pode representar para os mais supersticiosos um bom presságio.

Levir repetiu o que havia feito contra a Ferroviária e deu certo. O ataque com Richarlisson e Fred dá ao adversário uma preocupação maior defensiva, o que permite que outros jogadores, como Osvaldo e Cícero possam aparecer com mais liberdade. Torna o time também mais ágil, pois Fred, embora não tenha velocidade, recua para ser o pivô ou armar jogadas ofensivas com qualidade de passe.

Na área, porém, Fred continua sendo imprescindível, fato que se comprova, por exemplo, com o gol perdido por Richarlisson, livre, que isolou uma bola de canela de frente para a meta. Apesar de não ter repetido a atuação anterior, o jovem tricolor teve papel fundamental no gol do veterano artilheiro Fred, o gol da vitória tricolor.

Após belo chute de Osvaldo, espalmado para o lado pelo bom goleiro do time mineiro, Richarlisson aproveitou o rebote e serviu Fred para marcar com sua habitual frieza. Vale lembrar que, em dois jogos, Richarlisson participou dos quatro gols tricolores.

A vitória pelo placar mínimo não disse o que foi o jogo, especialmente no segundo tempo. A primeira parte foi equilibrada, com os dois times mostrando muita aplicação tática e marcação, com poucas jogadas ofensivas. Tanto é que foi numa falha da saída de bola do América que o Flu marcou o seu gol. Teve posse absoluta do bola, mas não traduziu isso em ofensividade, muito porque a equipe mineira marcava muito bem.

Depois do tento tricolor, contudo, o América se abriu para buscar a vitória, e o segundo tempo foi um festival de gols perdidos pelo Fluminense. Algumas más finalizações, outras boas defesas do goleiro americano.

Vitória justa, excelente resultado. Se o Flu ainda não mostrou o futebol vistoso que dele se espera, começa a se acertar taticamente sob o comando de Levir. Com os reforços pretendidos, a qualidade poderá acrescer ao bom trabalho técnico do nosso treinador.

Com qualidade e eficiência, quem sabe, o sonho da Libertadores possa se tornar realidade? Ou, para os mais otimistas, o sonho do título? Não dá para fazer uma previsão neste momento, mas é certo que não muitas equipes que estejam “sobrando”atualmente. Se o Flu jogar de forma eficiente, com bons reforços que supram as carências da equipe, as chances de sonhar alto passam a ser maiores, uma vez que não há, ao menos no papel, bichos papões na competição.

Portanto, comecemos desde já a sonhar e a rezar. O primeiro passo já demos, faltam 37.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @FFleury

Imagem: f2

2 Comments

  1. Concordo com você amigo Fleury, fluminense tem que se encontrar ainda está perdido. O primeiro tempo foi bom,mas qdo chegam no segundo relaxam isso são todos os jogos.
    Espero que Levir corrija isso,porque desse jeito fica difícil, somos fluminense temos que jogar com raça sempre querendo mais gols.St****

Comentário