Ainda sobre PH Ganso (por Márcio Machado)

Continuamos cada vez mais precisando falar sobre esse jogador. Não restam dúvidas de que se trata da polêmica da torcida e isso ocorre porque é provavelmente o maior potencial que temos no time, mas a discussão vem se perdendo em bobagens.

Muito tempo acostumado a ver correria e falta de categoria em jogadores de armação leva as pessoas a só perseguirem jogadores “lentos”, como o nosso assunto de hoje, e mesmo o Daniel em razão de algumas nulidades, ou mesmo de achar ruim ter posse de bola e finalizar mais como se isso atrapalhasse alguém a ganhar.

Esse tipo de visão distorcida leva a uma análise louca da partida de domingo, onde teríamos jogado muito bem (Muriel não concorda), o meio de campo foi veloz (Airton, Daniel e Nenê!) e envolvemos por completo o Bahia,teríamos achado o time titular e ele não tem “o maldito Ganso”.

Se o torcedor em redes sociais tivesse essa mesma vontade de ir ao estádio, enfim de inventar problema onde ele não existe, estaríamos ainda melhor.

O time do Flu, diante de três desfalques importantes (como as pessoas esquecem do Allan e do Caio Henrique fácil?), sentiu dificuldade sim, especialmente no início dos tempos diante da pressão do Bahia, mas o meio tricolor é que não é rápido, embora sim muito técnico, se impôs tocando em velocidade e municiando Yony e Nem.

A defesa ainda é insegura, mas felizmente temos goleiro e um momento de confiança.

Assim sendo, estamos longe de um time ideal ainda, mas do meio pra frente temos elenco. Isto é, opções disponíveis pro Marcão que, como disse ontem, tem que avaliar jogo a jogo o que tem a disposição e o que ele vai encarar do outro lado.

Às vezes barrando PH Ganso que, por sua vez, pode tocar mais rápido a bola, mas em geral não tem flechas como Daniel e Nenê tiveram neste domingo.

Com o time emplacando de vez, a perspectiva é positiva. ST.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

#credibilidade

2 Comments

  1. Acho que não é o momento para entrarmos em discussão sobre isso, estamos na reta final,agora é levar o time até o final com calma e sabedoria para não ficar pior.

  2. Fala, Márcio. Vou colar exatamente o que acabei de comentar na coluna do Andel. Segue:

    Minha opinião sobre o Ganso: parte da torcida achou que vinha algo parecido com aquele Ganso de 2010, que achávamos merecer ser o 10 da seleção. Lesões sérias nos dois joelhos, mudanças no futebol (se tornou muito mais dinâmico)… e não se tornou aquilo tudo

    Em 2019, é um jogador com alta capacidade técnica, mas que não poderá mais decidir, porque, pra jogar no zona em que os jogos são decididos, o…

Comments are closed.