Agora é mole falar… (por Gilmar Prado)

Agora é mole… molinho. Falar mal depois da derrota é facílimo.

Os gênios corn(o)eteiros são quem nem as baratas num dia de calor no inverno: elas voam, sobem parede, atravessam o chão, passeiam na lixeira e torram o saco. Acabou de fazer um calorão, o Fluzão foi eliminado, festa das baratas no corredor. Alguém tampe a vasilha de açúcar.

Eu, que não sou corneta e nem bobalhão nas nuvens achando que tudo é uma maravilha, tenho a seguinte opinião: jogamos mal pra c@r@lho. Em todos os setores. Fred não deu liga com Nem, Edinho e Jean vacilaram, a conta estourou na defesa que conseguiu tomar três gols do Vasco.

Fomos bem piores do que contra o Huachipato. Um passo atrás. Que MERD@!

Uma noite péssima, jogamos sem qualidade a ponto de termos conseguido a virada e não a sustentamos. Três gols do Vasco em conclusões dentro da área, com a defesa parada. Logo o Gum que tinha ido tão bem no Chile vacilou muito.

Os gênios sabichões (sabichonas também) esquecem que futebol não se joga sozinho. São dois times. Quando um está mal, o outro pode ter o mérito de aproveitar. O Vasco não é trouxa, fez a parte deles e mereceu chegar à final. Fomos muito mal, não soubemos matar o jogo e nem segurar a virada. Lucidez é tudo, inclusive saber perder.

Agora é mole dar chilique, dar piti, “eu sabia, “isso é uma merd@”, “tá tudo errado”. Somando tudo, oportunismo barato.

Erramos e erramos muito, uma tonelada inteira. Isso é uma coisa. O sinal de alerta já tinha sido dado contra o Grêmio. Mas quarta-feira já tem jogo de novo contra o Pato e vamos sacudir geral. Ou tem outro Fluminense na Libertadores que não o nosso?

Hoje os cornetinhas venceram. A vitória das teses deles é mais importante do que qualquer uma do Fluminense. A gente ganha do Pato de novo, eles se encolhem que nem baratinhas, como fizeram semana passada.

Torcedor cornetinha que sabe tudo e é perfeito, se você acha realmente que o Flu é uma porcaria, uma bost@, uma merd@ sem tamanho e se, ainda por cima, você “torce” pro nosso time… porque você não desiste então e vai fazer coisa melhor na sua vida? Pegar mulher/homem, beber chope, ir pra night, virar maluco, tem tanta coisa. Porr@, c@r@lho, não enche a porra do saco e vai ver vôlei masculino ou Fórmula Truck. Que bom que você não vai estar no Engenhão quarta-feira que vem. Não indo, você é um grande reforço. De ruim, já basta a atuação de hoje. O time é uma porcaria, não é? Uma porcaria a menos na arquibancada já ajuda. A porcaria vai reagir, vai ser líder de grupo na Libertadores e você vai continuar do mesmo jeito.

Atenção: só um completo jumento vai achar que eu estou minimizando a derrota pro Vasco e o mau momento. Reconhecer os problemas é uma coisa, achar que tudo é uma bost@ é outra. Em caso de dúvida, favor consultar o dicionário.

Tou p&¨%uto com a atuação do Flu nessa eliminação. Mas perto de meia-dúzia de flub@b@c@as, isso não é nada. Ainda bem que meia-dúzia diante de milhões é que nem as baratas no calorão: desfile de dez minutos, depois somem. O Fluzão é eterno.

Gilmar Prado

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres