Acabou o estorvo (por Marcus Vinicius Caldeira)

CALDEIRA VERDEÉ óbvio que todo tricolor ficou chateado com a derrota para o Botafogo, no último domingo.  Perder clássico é um horror e nós temos perdido constantemente.

Fiquei chateado na hora sim. Mas, dez minutos depois, passou. Ainda mais que fomos campeões da Primeira Liga na última quarta, numa noite memorável.

Sinceramente, não consigo mais sentir nenhum tesão por esse campeonato carioca. Se ganhar, ótimo, se perder, sinceramente, dane-se. Campeonato de cartas marcadas, todo manipulado pela Federação, Eurico e o inocente útil, Botafogo. O Vasco foi campeão ano passado, tirou uma onda enorme e meses depois foi rebaixado impiedosamente no Campeonato Brasileiro.

O Botafogo, atual inocente útil do Vasco, fora rebaixado no ano anterior. O que prova que ser amiguinho da Federação do Rio de Janeiro e ser finalista desse campeonato mequetrefe não quer dizer nada.

O campeonato é inchado com 16 clubes e ocupa boa parte do calendário anual do futebol brasileiro com jogos deficitários e de baixo nível técnico. Este ano, então, sem Maracanã e sem Engenhão, foi literalmente um lixo. Não fui a nenhum jogo. E olha que sou torcedor de arquibancada.

As contas mostram que a Federação de Futebol do Rio lucra mais com o campeonato do que os clubes. Várias armações são feitas nos bastidores e a juizada mete a mão mesmo. No jogo contra o Vasco, um gol mal anulado do Fluminense, que se fosse validado daria o título de campeão da Taça Guanabara ao tricolor. Ontem, um pênalti claro em Fred. Se passássemos e fôssemos para as finais, não tenho dúvida que teríamos que fazer dois gols para valer um. Que graça tem isso? E não me venham falar em ser amiguinho da Federação, porque, futebol tem que ser resolvido em campo. Qualquer coisa fora disso é corrupção.

O charme do campeonato carioca acabou na década de 90. De lá pra cá, uma tristeza. Infelizmente, por uma lei arcaica e por força da televisão somos obrigados a jogar o campeonato.

Ainda por cima, a Federação fez de tudo para inviabilizar a Primeira Liga. A FERJ deve se achar mesmo maior que Flamengo e Fluminense.

A verdade é que estou aliviado por este campeonato ter acabado. Ou se muda a Federação ou se acaba com esse campeonato. Não tem meio termo. No mínimo, precisa ter seu número de datas reduzido. No máximo dez jogos e olhe lá. É muito jogo com time fraco para um campeonato só.

Respeito quem fica estressado por ser eliminado do Carioca.

De minha parte, estresse zero. Aliás, ao contrário, alivio por ter acabado esse estorvo.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvinicaldeira

Imagem: MVC / PRA

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres