Abelão e o resgate tricolor (por Walace Cestari)

O modo como vem jogando o Fluminense é auspicioso. Isso independe dos resultados. Do empate eletrizante contra o Flamengo ou aquele com bom volume do jogo contra o Criciúma, chega-se à conclusão que o time do Fluminense encontrou amor próprio.

Se não somos geniais, sabemos afirmar nossa vontade. Às vezes, até impô-la. Desdobramo-nos em campo, demonstrando preparo físico excelente e obediência tática fora do comum. E descobrimos uma vocação para o ataque. Somos velozes, pressionamos e isso afasta a bola de nossa defesa. Bem postado, o time parece seguro de seu posicionamento e isso se reflete em uma defesa sólida e pouco vazada.

Abel não é um gênio por conta disso, mas é muito mais do que um simples treinador no Fluminense. Abel carrega a alma das três cores e consegue mostrar para os jogadores o que significa este escudo. Esse resgate faz toda a diferença para a equipe e isso se vê no comportamento em campo.

Vem a Taça Rio e Abelão quer fazer experiências, dar oportunidade aos jovens… Abel, com isso, vai ganhando cada vez mais o grupo e, aos poucos, o qualifica com experiência, especialmente tratando-se dos mais novos.

Se os ventos sopram a favor hoje, façamos o favor de lembrar que isso não se faz por conta dos resultados numéricos, mas principalmente, pelo comprometimento, pela vontade e pela postura em campo. Haverá reveses e tenhamos a calma para não pedir cabeças tresloucadamente.

Esse elenco precisa ainda de algumas peças e muitos ajustes para encarar o Brasileirão e poder aspirar a algo na Copa do Brasil e Sul-Americana. Não nos deixemos enganar pelo Carioquinha, é claro. O saldo com que podemos contar é esse resgate de espírito que nos traz Abel. Essa vocação para o jogo vertical, para o ataque.

Acho que vamos precisar mais do que vontade para ir longe. Mas, pode-se ir muito distante mesmo com limitações superando-se na garra. O contrário é que seria preocupante. Da forma como está, nossa preocupação parece ser apenas a de querer ainda mais.

Que haja uma cereja grená no fim da estrada.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: wal

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres