A que horas ele volta? Ou o projeto pessoal (por Marcelo Savioli)

Amigos, amigas, segunda feira, feriadão (só não sei para quem), não se surpreendam se o anúncio da contratação de Fred acontecer ainda hoje.

Apenas a título de tentar entender o que é essa operação, Fred está negociando sua saída do Cruzeiro por não aceitar redução salarial. Lembrando que o salário atual de Fred é de R$ 1 milhão.

Se Fred não aceita reduzir um salário de R$ 1 milhão no Cruzeiro, quanto Fred receberá para jogar no Fluminense?

É preciso que o presidente Mário Bittencourt seja mais transparente em suas declarações. O que quer dizer dentro das nossas possibilidades?

200 mil?

300 mil?

1 milhão?

Aliás, deveria, também, quantificar as boas oportunidades que nos tiraram Leandro Spadácio, que seria titular absoluto na equipe que estreou ontem contra a Cabofriense, com vitória de 1 a 0.

Aliás, é um retrato do que é o Fluminense, que exibiu na noite de ontem o esplêndido futebol de Felippe Cardoso, aquele cuja fama o precedeu. Qualquer atacante do Sub-20 é melhor que esse rapaz, embora o tal Lucas Barcelos tenha entrado pesado na disputa pelo troféu de nulidade da noite.

Menos mal que não teremos que aturar esse ataque por muito tempo.

Experiência bastante agradável ver Matheus Ferraz atuando novamente. Não gostei do time, de um modo geral, mas consegui perceber o Fluminense tentando ter imposição no jogo, marcando no campo do adversário. Não sei se essa é a proposta para formação do caráter da equipe. Vamos ter que esperar o Fla-Flu.

Aliás, não dá para fazer qualquer avaliação de um jogo disputado num campo bem ruinzinho, com mais da metade do provável time titular de fora.

Aliás, por falar em metade do provável time titular de fora, qual a fórmula mágica que levou nossa comissão técnica a lesionar os três atacantes que seriam titulares?

Eu já vi muitas vezes jogadores sofrerem lesões musculares durante o período de preparação, mas os três atacantes de uma vez mais parece anedota.

Vamos ter que carregar por mais algum tempo a dúvida se atuaremos com três atacantes ou três volantes. Aliás, belo passe do Hudson para Nenê, que posou de maestro, embora errando e precipitando muitas jogadas.

Para completar a noite, o grande nome da reta final da partida foi o redivivo Matheus Alessandro, que incendiou a partida, fazendo mais, em poucos minutos, que Lucas e Felippe.

O que eu acho da contratação do Fred? Primeiro que eu não tenho que achar nada, porque é um projeto pessoal do presidente. Nós estamos carecas de saber, não é preciso nos lembrar a todo momento, que projetos pessoais estão acima de projetos para o clube. Talvez, por essa razão, acontecem tantas coisas no Fluminense que não fazem para nós o menor sentido. A razão para isso, muito provavelmente, é que a nossa visão é voltada para o interesse do clube e não para projetos pessoais.

Do ponto de vista do clube, vale lembrar que Fred tem 36 anos e não anda jogando nada. Tem dificuldade para dominar uma bola, para manobrar o corpo e para correr. Ainda sabe fazer gols? Sim, o problema é que parece que o corpo não ajuda. Talvez engane no Flamengão e durante o primeiro quadrimestre.

Não faz o menor sentido investir em mais uma aposta cara com todas as chances de dar errado. Só mesmo um projeto pessoal, completamente descolado do interesse do clube, explicaria tal contratação por mais que R$ 50 mil de salário.

O que me leva a uma pergunta aflita. Por onde anda o Matheus Pato? Não está no Sub-23?. O cara é jovem, fazia gol de tudo quanto era jeito, barrou o Pedro no Sub-20. Será que se tiver uma sequência não pode ser o goleador que tanto esperamos?

Eu acho que o Fluminense deveria se aquietar e deixar a comissão técnica mapear as fragilidades do elenco e experimentar peças. Temos muitos jogadores, somando profissional e Sub-23. Guarda a nossa sobra na folha de pagamento para pensar em uma grande contratação que venha amparada em novas receitas e que eleve, de fato, o nível técnico da equipe.

Saudações Tricolores!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

#credibilidade

3 Comments

  1. Acho q como deseja encerrar a carreira no FLU, FRED toparia salário baixo e por produtividade…portanto com uma perna só ainda é muito melhor do que os centroavantes q dispomos.
    Além de ser ótimo marketing para a campanha de novos sócios. STR4 !

  2. Eu não sei se o Matheus Pato ainda joga bola, mas depois do que aconteceu com o Marcos Felipe, que passou a maior parte do ano passado sendo preterido em favor de Agenor e Rodolfo, não duvido de mais nada que venha das gestões oriundas da politicalha tricolor.

    ST

  3. Essa é a realidade do Flu. Junto com o Cruzeiro vamos enriquecer o Fred. Ele não durará até o fim do ano, criará confusão quando for barrado, será demitido e ganhará uma nota preta na justiça do trabalho. ST

Comments are closed.