A casa caiu para a imprensa esportiva (por Marcus Vinicius Caldeira)

renatomauricioprado1

“Tudo o que era sólido se desmancha no ar, tudo o que era sagrado é profanado…” (Manifesto Comunista de Marx e Engels).

Anotem esses nomes:

Juca Kfouri.

Antero Greco.

André Rizek.

Renato Mauricio Prado, o Zandonaide.

Mauro Cesar Pereira.

Milton Neves.

Flávio Prado.

Gustavo Vilani.

Todos jornalistas, ou no mínimo fazem parte, de alguma forma, da imprensa esportiva brasileira.

Quando, em dezembro do ano passado, houve a maior coincidência da história do futebol mundial – o Flamengo ter escalado irregularmente o jogador André Santos no sábado e no domingo a Portuguesa ter feito o mesmo – todos estes jornalistas, sem a mínima preocupação em apurar os fatos, apontaram seus canhões para o Fluminense dizendo que o clube mais uma vez revertia uma situação de campo no tapetão.

Mais do que isso: disseram que era um absurdo a Portuguesa ser punida, que ela conquistou pontos em campo e blá, blá, blá…

Todos estes citados e mais alguns,  por má fé ou desonestidade intelectual, omitiram o fato que na primeira vez que o Fluminense foi rebaixado em campo e permaneceu na primeira divisão, foi por um imbróglio envolvendo compra de juizes por parte de Corinthians e Atlético/PR para combinar resultados.  E na segunda foi por conta de uma pendenga envolvendo Botafogo, Gama, São Paulo e Sandro Hirochi.

Mas eles nunca estão preocupados com a verdade. Nunca!

É inacreditável que, na imprensa que tem o papel de apurar e gerar informações, não tenha havido um desses que quisesse ao menos investigar o caso antes de sair emitindo opiniões.

Pois bem: quase um ano depois e com a Portuguesa rebaixada novamente – em campo – para a Série C, eis que o Ministério Público de São Paulo vem com a bomba jogando todos esses jornalistas no limbo. O MP/SP descobriu o óbvio e que já falávamos à época: “Que a Portuguesa se corrompeu e vendeu sua vaga para livrar alguém”. Aliás, óbvio para qualquer ser pensante, menos para estes aí.

Elementar!

É mais uma bomba que pode colocar em xeque – mais uma vez – todo o staff do futebol brasileiro e que certamente derruba a imprensa esportiva local, sempre ávida por criar mitos em vez de fazer o seu papel, que é o de apurar a notícia e divulgá-la com imparcialidade e honestidade.

Não tem meio termo.

Já se sabe que a Portuguesa foi comprada!

Ainda não se sabe o corruptor embora tudo leve a crer que ele está na Gávea (basta ver a tabela de classificação do final do campeonato brasileiro de 2013).

Que se apure quem seja e seja punido, doa a quem doer!

Mas a única certeza é que todos esses jornalistas não merecem nenhum pingo de credibilidade.

Após o papel nefasto da midia nestas últimas eleições, agora vem essa bomba derrubando as teses estapafúrdias destes jornalistas vendidos e dessa imprensa marrom, medíocre e mentirosa.

O mínimo que espero deles seria reconhecerem o erro. Não o farão. Com a cara mais cínica do mundo, como as têm Kfouri, Rizek e Renato Mauricio Prado, sairão pela tangente.

Por fim a constatação: a imprensa brasileira consegue ser pior que os piores da classe política brasileira.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvinicaldeira

 

20 Comments

  1. Esta sua última constatação foi fabulosa. Estão, no caso a imprensa no Brasil, querendo implantar o pensamento único, tanto no campo político, quanto no esportivo. Pela primeira vez, no alto dos meus 63 anos, vi o pensamento único não eleger quem ele queria. Ficaria feliz se acontecesse o mesmo no campo esportivo, e se punisse com severidade o executor do suborno da Lusa, o queridinho da mídia carioca. ST

  2. O cerco está fechando. Espero que a sujeira não seja jogada para baixo do tapete. Vamos limpar o nome do Fluminense, que deveria tomar alguma atitude contra esses caluniadores.

  3. Caldeira, vc, como Conselheiro do FLU, tem que esmurrar a mesa (não gasta dar um soco!!!), e exigir do clube que intervenha neste caso para que a verdade venha a tona! A história do clube não pode ser vilipendiada assim e ficar por isso mesmo! Não adianta esperar desses cretinos travestidos de jornalistas uma investigação, pois não o farão! Afinal, eles sabem que é o corruptor! Aliás, mais evidente que isso impossível! Não adianta nós torcedores gritarmos, o clube tem de tomar a frente!

    1. Vamos cobrar mais uma vez no Conselho! Não tenha dúvida disso, mas…

  4. Não esqueçamos do Paulinho sei lá das quantas, o que escreve o Blog do Paulinho.

    Assim, não esquecemos nem dos Juquinhas, nem dos Paulinhos.

      1. Já andei respondendo o tal do Paulinho.
        O trabalho do Agipossa é mesmo campeão!

  5. para ficar bem claro o corruptor (organizações globo) corrompeu para o flamengo. se pegar esse peixe
    , o caso Petrobras vai virar café pequeno.

  6. A Flapress é a Veja do futebol; ou ainda, a Veja é a Flapress da política…

  7. Não tem como ver com algum torcedor advogado tricolor se esses que dizem ser jornalistas esportivos ter de se retratar perante a torcida brasileira, pois não só o clube Fluminense mais a torcida Tricolor sofreu com a discriminação por parte da população brasileira por informações levianas desses jornalistas que sequer verificaram o que realmente aconteceu e condenaram o Fluminense, consequentemente também a sua torcida, além de inocentar a Portuguesa transformando-a em coitadinha.

  8. Caldeira
    Nós estamos muito em cima da Globo.
    Mas, acredito, desconfio, que o mentor da operação suborno a lusa, tenha vindo da SKY.
    O membro mais influente da diretoria do clube do Morro do Pinto é o principal executivo daquela empresa de comunicação. Se nos reportarmos aos e-mails trocado por membros da diretoria daquele clube, poderemos tirar algumas conclusões com relação a esta minha desconfiança.
    O que vc acha?

  9. O Fluminense tem que cobrar retratação de todas as pessoas que tentaram manchar sua imagem com comentários levianos , mesmo que não houvesse a venda imoral da sua vaga na série A, a Portuguesa descumpriu o regulamento da competição, portanto deveria ser punida como determina a regra da competição.
    Me dá nojo ouvir comentários maldosos de pessoas bem informadas, mas que distorcem os fatos de acordo com sua conveniência ou paixão.

    *** Antispam disabled. Check access key in CleanTalk plugin…

  10. Caldeira.
    Acabei de assitir o Reporter Brasil Noite (21:00h na TV Brasil) uma reportagem citando a queda da Portuguesa tendo como beneficiado o Flamengo (sem citar o Fluminense), mas em seguida o infame do Marcio Guedes “vomitou” em seu comentário que o maior beneficiado foi o FLUMINENSE, que sendo provado cairia para a série “D”, e acrescentou em seguida gratuitamente que o Flamengo não teria nada a haver com o esquema.
    Portanto, acrescenta aí esse recalcado “bostafoguense” nessa sua…

  11. O tamanho da guerra é gigante. Nós só estamos começando. Essa imprensa já perdeu sua capacidade de influenciar para a internet. Ainda vai perder muito mais. Faz doze anos que não conseguem eleger um presidente. A próxima derrota, já em curso, é perder a causa para a Flupress.

    ST

Comments are closed.