Simplicidade (por Juliana Rolhano)

SIMPLES
O Flu volta a campo neste domingo para a decisão da Taça Rio contra o Botafogo, às 16h, em Volta Redonda. Só a vitória interessa. E na Libertadores teremos uma desejada partida de volta contra o Emelec, onde também somente a vitória nos interessa. Olhando à primeira vista parece uma situação um tanto complicada e é. Mas em meio às contradições da vida, lhes digo amigos, a solução é simples. Não precisamos das coisas espetaculares, mesmo sendo elas muito bem vindas. A vida é muito simples. Por diversas vezes somos agraciados e felicitados pelo lado descomplicado dos fatos.Nunca vou esquecer a minha torcida calada e agoniante por apenas um golzinho. Um gol que garantiria a vitória necessária e primordial para o Flu em 2003 contra o Juventude. Foi uma linda vitória com apenas 1 gol. Um placar simples e comum, mas que traduziram o verdadeiro sentido da felicidade. Foram os noventa minutos mais desejosos de simplicidade.

E é com este mesmo clima despretensioso que torço e aguardo por uma vitória leve. Não precisamos de estardalhaços. Precisamos apenas do simples.

O velho dilema entra em pauta novamente. Titulares ou reservas? Time misto?

Nosso técnico já deixou claro que o objetivo principal é a Libertadores, logo, podemos esperar pelos reservas no clássico de domingo.

Fred estará fora mesmo, pois ainda está se recuperando, mas vem sendo substituído brilhantemente por Rafael Sobis.

Jogadores nós temos, precisamos apenas de garra e força para aplicar a simplicidade em campo.

Temos a final da Taça Rio e precisamos vencer. Semana que vem temos jogo de volta contra o Emelec e precisamos vencer de novo. A solução: uma vitória simples nos dois jogos.

Pode parecer complicado diante de tantas dificuldades enfrentadas dentro e fora de campo, mas eu acredito no Flu.

Simples assim.

E nada mais.

Juliana Rolhano

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres