Recordando sentimentos (por Ise Cavalieri)

pó de arroz fluzão

Grande parte do tempo dedicado às obrigações de uma vida adulta e no fim do mesmo, cansaço, cabeça cheia, às vezes vontade de desistir, somada com a tristeza de mais um dia sem o Fluminense…

Bem vindo de volta, Flu: o pouco tempo sem te ver de perto me pareceu a eternidade.

Magno Alves – para nós, o Magnata – voltou e, com ele, flashes de infância que se tornam cada vez mais fortes em minha memória. Época que não entendia quase nada, nem de futebol e nem sobre a vida, acho que nem mesmo o sentimento por essas cores; apenas sentia com a pureza e veracidade de uma criança.

Vê-lo de volta foi relembrar a felicidade dos dias de jogos ao lado de quem me ensinou tanto, de quem me ensinou a amar esse Clube, o herói que chamo de pai.

É relembrar o começo de uma grande história, é fuçar o fundo do baú e recordar mais do que nunca a força que me prendeu e fez com que meus olhos brilhassem, a força que fez ter a coragem de gritar ao mundo o quanto o meu coração era Fluminense demais.

Costumo dizer que ser tricolor está associado à eterna esperança de dias melhores, de sempre acreditar que nada está perdido e ter a certeza que qualquer esforço vale a pena. Além da fidalguia dentro e fora de campo, somos conhecidos pela torcida que empurra o time, que apóia nas piores horas. E é assim: quem ama, cuida…

Mais um campeonato começando e nova chance de fazermos diferente, nos resultados e no apoio. De 2013 para cá desacreditamos quase todos os dias: certa parte tem até mesmo inventando desculpas para faltar com o nosso dever de torcedor; ora preço, ora horário, ora cansaço de ver o time… E a nossa essência? Será a que tínhamos chegou ao fim?

Recomeça aquele misto de incertezas diante de nossa equipe, com a esperança de um campeonato melhor, de que não seja mais um ano “perdido”.

Uma nova chance foi dada e começa nesse fim de semana. Não deixe que anos anteriores ou campeonatos armados interfiram no seu sentimento. Junte amigos, familiares, junto a alma e a garganta… e vá! Apoie o Clube que faz seu coração bater mais forte. Já passamos por situações pesadas e aqui estamos, fortes e incomodando a massa.

Cante, grite, pule, se doe… Por alguns minutos esqueça o defeito da zaga, aquele gol quase feito, que foi perdido, ou aquele jogador que te irrita só em ter contato com a bola. Esqueça todos os problemas e coloque para fora todo o sentimento puro que sentiu ao começar a torcer pelo Fluminense.

Um time começa pela sua torcida, vamos fazer de 2015 um ano campeão.

Sábado o Maracanã e o Fluminense, te esperam de braços abertos… VÁ!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @isefinato

Imagem: netflu

voleio guis saint martin 27 04 2015

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres