Precisamos da vitória, Fluminense! (por Walace Cestari)

INFORMÁTICA PARA PEQUENOS E MÉDIOS AMBIENTES

Valha-me o verde qu’inda não sumiçou a esperança. Na Boa Terra não vai ter jogo fácil e meus pelos sobrolhos já se eriçam quando vejo que nosso poder de fogo vai minguado pr’esta guerra. Menino Richarlisson suspenso, Ceifador no estaleiro, Wellington meia-boca.

Se temos problemas no ataque, a zaga preocupa com o de sempre. Não consigo entender assim o porquê de tanta vazação: Henrique não tem falhado e Reginaldo vem jogando bem (ainda acho que foi derrubado no gol da Chape). Mesmo assim, tomamos gols com a facilidade de um mestre enxadrista contra novatos.

Talvez o meio leve, que morde pouco e tem mais habilidade que disposição, contribua para isso. Ou quie o problemas sejam mesmo as laterais. Leo anda inoperante desde que passou a frequentar o time de cima e Lucas caiu muito de produção. Como lateral é sinônimo também de apoio, o quadro fica ainda mais trevoso, porque ambos têm ajudado pouco o ataque. Leo com sua jogada de arremesso de lateral (que nunca dá em nada, apesar de impressionante) e Lucas, mais voluntarioso ao ataque, embora não acerte mais os alvos de seus cruzamentos.

Scarpa ainda não voltou a ser o prodígio d’antes e passeia burocrático pelo verde, com muitos toques laterais e passes errados. Abel acumula problemas em série, mas isso não acalma torcida. Queremos vitória. Precisamos dela.

O empate com a Chape acendeu luzezinhas multicoloridas na cabeça de qualquer torcedor. O time lutou e se empenhou, mas ressente-se de maior qualidade. Não podemos perder determinados pontos para não passar sufoco no final.

Com todas as dificuldades, Abel precisa se reinventar. Fazer Pedro lembrar o que era na base, liberar Calazans para infernizar os zagueiros adversários. O Bahia não é dos bobos, ainda mais lá. Outra coisa que não seja a vitória, porém, nos complica. Assim, que todos os santos protejam o tricolor verdadeiro nas terras da primeira capital.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: ximba

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres