Pó de arroz sempre e sempre! (por Thaiza Galvão)

pó de arroz extra final

O Fluminense venceu na Justiça, a sua torcida festeja e a sua tradição respira aliviada.

Pasmem, queriam abolir o nosso querido pó de arroz!

Agora eu te pergunto: imagina a torcida do Fluminense sem a sua tradição?

Você imagina a entrada do time em campo sem o pó de arroz?

Nuvens, o pó de arroz parece as nuvens. Sim, às vezes vivemos num inferno dentro e fora de campo, mas dentro da festa da torcida e no pó de arroz tudo parece o paraíso.

Se ele fosse banido, estaríamos proibidos de exercer o nosso direito de torcedor, e isso é inaceitável.

Por que não barrar a corrupção no futebol?

O pó de arroz, um simples pedaço do céu, incomoda mais do que as corrupções dentro do esporte?

Pois eu acho que travar a tradição de uma torcida é blasfêmia, perda de noção e até um certo retardo nos reflexos intelectuais.

O Fluminense tem quem o defenda e sempre terá. Nossa tradição jamais será tirada e mudada.

Haverá o pó de arroz e um canto de luta interminável.

Nossos ídolos não ficaram sem o seu céu. De lá, eles pulam e vibram. Fiquem tranquilos, a festa continua.

A Vitória com V maiúsculo é nossa. Vão ter que engolir nossa festa e mais essa grande superação diante do “futebol moderno”.

Aliás… NÃO a ele e suas cadeiras caras e confortáveis; SIM aos torcedores sem camisa e roucos! Vida longa ao torcedor que vibra, ruge e exala amor.

Vida longa ao pó de arroz.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: extra

o fluminense que eu vivi garotinho tricolor

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres